organização criminosa

PF de Campinas faz operação contra contrabando de cigarros

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Campinas, sendo três na cidade de Indaiatuba e um em Sorocaba

Do Correio.com
26/07/2022 às 08:49.
Atualizado em 26/07/2022 às 09:21

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Campinas. (Divulgação)

A Polícia Federal de Campinas realizou, na manhã desta terça-feira (26), uma operação para reprimir uma organização criminosa especializada no contrabando de cigarros vindos do Paraguai.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Campinas, sendo três na cidade de Indaiatuba e um em Sorocaba.

De acordo com a PF, o grupo investigado tinha o objetivo de introduzir clandestinamente no país, pela fronteira de Guaíra/PR, cigarros contrabandeados do país vizinho, que seriam comercializados nas regiões de Campinas e Sorocaba.

Os policiais ainda afirmam que há indícios da participação de servidores públicos na organização criminosa, que receberiam dinheiro para não repreender a entrada dos cigarros no país, além de facilitar o transporte da mercadoria até o destino.

Os envolvidos podem responder pelos crimes de contrabando e organização criminosa, cujas penas somadas podem chegar a 18 anos de prisão.

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Campinas.

Operação Depurador

O nome Depurador se deve ao fato de que a investigação tem por objetivo retirar de circulação tanto cigarros contrabandeados, que provocam um dano ainda maior à saúde pública; bem como servidores corruptos, que causam enorme lesão à sociedade.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por