IMUNIZAÇÃO

Hortolândia e Sumaré vacinam crianças de 4 anos contra covid-19

Campinas ainda aguarda chegada de doses da CoronaVac para imunização

Do Correio Popular
28/07/2022 às 09:54.
Atualizado em 28/07/2022 às 09:57

Vacinação com CoronaVac em crianças de 4 anos (Divulgação)

Duas cidades da região — Sumaré e Hortolândia — iniciam a aplicação da CoronaVac em crianças de 4 anos. Mesmo ainda aguardando o recebimento de mais doses, Sumaré iniciou na quarta-feira (27) a vacinação com doses estocadas, enquanto Hortolândia anunciou que começará nesta quinta-feira (28). Embora a Anvisa tenha autorizado o uso emergencial da CoronaVac também para as crianças de 3 anos, ainda não há previsão para isso ocorrer nas duas cidades.

Em Sumaré, a vacinação acontece com o próprio estoque do município, que ainda não recebeu novo lote de doses adicionais. As doses de CoronaVac estão disponíveis em seis unidades: Centro Integrado de Saúde (CIS) Nova Veneza e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) Bordon, Maria Antônia, Bandeirantes, Matão e Vasconcelos, entre 9h e 15h. Quinta-feira, em Hortolândia, as crianças de quatro anos podem se vacinar das 8h às 15h30. A Secretaria de Saúde estima que a população com essa idade na cidade é de 2.970 crianças. 

Indaiatuba abriu, na quinta-feira passada, o cadastramento no "Minha Vacina" para as crianças de três e quatro anos, entretanto, ainda não há previsão de quando o imunizante começará a ser aplicado. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, os pais e responsáveis serão contatados por e-mail e WhatsApp conforme as doses forem chegando. A cidade recebeu um novo lote de vacinas na terça-feira, porém elas foram direcionadas para outra faixa etária. O Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas orientou que o município aguardasse a remessa específica para o grupo de crianças.

Paulínia informou que não recebeu doses de CoronaVac desde que a ampliação da vacinação para a faixa etária foi anunciada. As doses existentes estão destinadas para a segunda dose dos cidadãos que iniciaram a imunização com a CoronaVac. Paulínia aguarda tanto novas doses como a orientação oficial para iniciar a vacinação na faixa etária.

Em Campinas, a situação é a mesma. O prefeito Dário Saadi (Republicanos) afirmou ontem que ainda aguarda a chegada de mais vacinas e as orientações da Secretaria de Estado da Saúde. Em nota, a pasta estadual afirmou que espera novas remessas por parte do governo federal para ampliar o público contemplado e reiterou a importância da imunização contra a covid-19.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por