XEQUE-MATE

Pendendo ao centro

Luiz Saviani Rey
22/06/2022 às 09:14.
Atualizado em 22/06/2022 às 09:14

Candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva e seu candidato a vice, Geraldo Alckmin (Ricardo Stuckert)

O candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva. e seu candidato a vice, Geraldo Alckmin, apresentaram ontem as novas diretrizes do programa de governo que a coligação levará às eleições de outubro. Mais ameno, e de antemão, o programa de Lula aparenta maior suavidade e se dirige mais ao eleitor de centro, na busca do apoio de investidores e do empresariado. O aspecto inicial, que embasará outras ações, situa-se na rejeição à privatização da Petrobras, da Eletrobras e dos Correios e Telégrafos.

PENDENDO AO CENTRO 2

O documento que Lula e Alckmin apresentaram leva o pomposo título de ‘Programa de Reconstrução e de Transformação do Brasil’, e prega a aprovação de nova legislação para a área do trabalho, já não mais com as ameaças de revogação da reforma feita no governo Michel Temer. Em pinceladas leves e meio esmaecidas, o programa de governo do PT fala apenas em algumas reformas. É assinado, também, pelos líderes do PSB, PCdoB, PV, Psol, Rede e Solidariedade. 

FRASE

"Em programa de governo, não se pode ser irresponsável de propor coisas que a gente sabe que não vai cumprir”.

Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT/PSB/PCdoB, PV, PSOL a presidente 

O PENETRA 

Na cerimônia de apresentação do programa de governo de Lula, um momento de constrangimento foi patrocinado pelo vereador Eduardo Suplicy (PT). 

O PENETRA 2

 Suplicy interrompeu a fala de Aloízio Mercadante para protestar e dizer não ter sido convidado para o evento. E, também, para cobrar a inclusão da Renda Cidadã no documento. 

SINAIS PARTICULARES 

Simone Tebet, a senadora pré-candidata à Presidência da República pelo MDB, dá sinais claros e precisos de que, perdendo a disputa no primeiro turno, dificilmente prestará apoio a Jair Bolsonaro, caso o presidente esteja presente no segundo turno das eleições de outubro. 

SINAIS PARTICULARES 2 

Em seus discursos, Tebet tem dirigido várias críticas a vários aspectos das ações e manifestações de Bolsonaro. Mas não se sabe, de antemão, se daria apoio a Lula, caso este vá para o segundo turno. 

GARGANTA PROFUNDA

 A Câmara Municipal de Campinas analisa hoje, em primeira votação, projeto de lei de autoria da vereadora Débora Palermo que amplia o conceito da Lei de Poluição Sonora, para nela incluir algazarras e gritarias. 

PROPRIETÁRIOS

 O prefeito Dário Saadi presidiu ontem à noite a solenidade de entrega de 102 títulos de propriedade a famílias do Núcleo Residencial Santa Rita de Cássia, ao lado do Parque Oziel. Um trabalho levado a efeito pelo presidente da Cohab-Campinas, Arly de Lara Romeo. 

GRATIDÃO EXPOSTA

 Em sua página no Facebook, o ex-prefeito e ex-presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (ANP) Jonas Donizette dedica textão para agradecer a contribuição do médico Carmino de Souza, seu ex-secretário da Saúde, na crise da saúde pública pautada pela covid-19. Jonas chama Carmino de “meu amigo”. ************ Na segunda-feira, Jonas Donizette postou-se nas galerias do estúdio da TV Cultura para assistir ao programa Roda Viva, tendo como esntrevistado o ex-governador e seu companheiro de PSB Márcio França. 

É CANDIDATO

A propósito, em várias entrevistas nos últimos dois dias, Márcio França confirma a tendência de manter sua candidatura ao governo de São Paulo pela coligação de partidos que apoiam o PT.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por