XEQUE-MATE DA ECONOMIA

Estatísticas do Setor Externo

Estéfano Barioni
07/02/2024 às 09:15.
Atualizado em 07/02/2024 às 09:15
Banco Central ( Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Banco Central ( Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

As estatísticas do setor externo são divulgadas periodicamente pelo Banco Central, mostrando um retrato das interações econômicas que o Brasil mantém com o resto do mundo. No contexto de economias globalizadas, em que não apenas os fluxos de mercadorias entre os países, mas também os fluxos financeiros são muito intensos, é importante conhecer o perfil dessas interações econômicas.

Balanço de Pagamentos 

O balanço de pagamentos compreende a contabilidade de todas as transações que residentes no Brasil realizam com residentes no exterior, tanto pessoas físicas como empresas. Uma parte importante do balanço de pagamentos são as chamadas Transações Correntes, que se concentram nas transações de bens e serviços, renda e transferências unilaterais entre residentes e não residentes.

FRASE

"Ser ou não ser. Isso não é realmente uma pergunta." 

Jean-Luc Godard, cineasta francês 

Transações

Correntes Em 2023, o Brasil teve um déficit de US$ 28,6 bilhões em transações correntes, valor equivalente a 1,3% do PIB. O resultado foi um pouco melhor do que o registrado em 2022, quando o Brasil teve um déficit de US$ 48,3 bilhões. A diminuição do déficit ocorreu devido ao melhor desempenho da balança comercial no ano passado, mas parte desse melhor desempenho foi anulada por piora em outros componentes do balanço.

Balança Comercial

A balança comercial é um dos principais componentes das transações correntes, mas não é o único. A balança comercial é a diferença entre o valor das exportações e importações e esse componente foi altamente favorável para o Brasil em 2023, ano em que registramos o maior valor exportado de toda a série histórica. Com US$ 344,4 bilhões exportados em 2023 e US$ 263,9 bilhões em importações, a balança comercial teve um superávit de US$ 80,5 bilhões.

Outras Contas

Outros componentes que influenciam as Transações Correntes são a balança de serviços e as rendas primárias. A balança de serviços inclui o saldo de receitas e despesas em serviços como turismo, transporte, serviços financeiros, etc. As rendas primárias são os rendimentos financeiros (juros, dividendos, remessas de lucros de multinacionais), incluindo também os salários de funcionários estrangeiros.

Serviços

A balança de serviços do Brasil é deficitária, tendo atingido um déficit de US$ 37,6 bilhões em 2023. As despesas líquidas de transportes formam uma grande parte desse déficit, chegando a quase US$ 15 bilhões. Outra parte de destaque na balança de serviços são as contas de turismo. Os brasileiros gastam mais em viagens ao exterior do que os estrangeiros em viagens ao Brasil. O saldo de 2023 foi negativo em US$ 7,6 bilhões.

Renda Primária

O fluxo de renda primária das transações correntes também tem sido fortemente negativo para o Brasil. Em 2023, o déficit em renda primária chegou a US$ 72,4 bilhões, valor quase igual ao saldo da balança comercial. O pagamento de lucros e dividendos de investimentos diretos e em carteira alcançou US$ 45 bilhões. Além disso, as despesas líquidas de juros somaram US$ 27,7 bilhões em 2023.

Investimento Direto

O investimento direto no país alcançou US$ 62 bilhões em 2023, valor equivalente a 2,85% do PIB. O resultado representa uma diminuição em relação a 2022, quando o investimento direto no país somou US$ 74,6 bilhões. Isso não é exatamente uma piora, pois o investimento direto no país pode ser ambíguo. Se por um lado ele contribui para o crescimento econômico e a geração de empregos no país, por outro implica na remessa de lucros afetando a balança de pagamentos.

Déficit

Os recursos financeiros que o país absorve incluem o consumo interno, a realização de investimentos e os gastos do governo. Déficits nas transações correntes significam que o país está absorvendo mais recursos do que produzindo e essa diferença é coberta através de fluxos de capital estrangeiro, como por exemplo, o investimento direto no país. Se o déficit é persistente, é um sinal de grande dependência de financiamento externo.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por