XEQUE-MATE DO ESPORTE

Empecilho

Paulo Reda
06/02/2024 às 11:17.
Atualizado em 06/02/2024 às 11:17
Corinthians (Divulgação)

Corinthians (Divulgação)

O Corinthians demitiu Mano Menezes. Não suportou a pressão gerada pelas quatro derrotas seguidas. Quer no comando Márcio Zanardi, do São Bernardo. Existe um empecilho: o regulamento do Campeonato Paulista não permite que um técnico dirija duas equipes na mesma divisão. Fica a pergunta: como os dirigentes concordaram com uma cláusula tão fora do padrão? Fomentar o aparecimento de novos nomes? E os dirigentes ligam para tal requisito?

Alternativas

Por essa cláusula, os diretores só têm três alternativas em caso de demissão: buscar profissionais das Séries A-2, A-3 e A-4. Ou técnicos desempregados. Ou profissionais da área que atuam em outros estados. Nessas circunstâncias, o Corinthians ou qualquer outro clube paulista que demitir o seu comandante vai querer alguém que já esteja no campeonato e adaptado às características do torneio, mas pela regra fica impossibilitado.

FRASE

"Somente os que erram têm coragem para tentar”

Piquerez, lateral-esquerdo do Palmeiras

Aquecimento

Novo reforço da Ponte Preta, Dudu Scheit está otimista em relação ao seu rendimento no estádio Moisés Lucarelli. “Acho que já estou bem preparado para fazer um belo campeonato”, disse o reforço pontepretano, destaque do Operário (PR) na última Série C do Campeonato Brasileiro.

O que esperar

O reforço pontepretano não tem receio em descrever suas características de jogo. “Eu sou um jogador de frente e não escolho posição. Posso atuar pelos dois lados, como meia ou atacante”, disse. “O jogador tem que se virar e se reinventar. Eu gosto de estar no campo”, disse Sheit.

Seleção

Dudu Sheit também tem boas recordações do período em que defendeu as seleções de base. “Foi uma experiência bacana, tive uma convocação, passei um período de treinamentos na granja. Conheci muitos jogadores e espero continuar e em um futuro vestir de novo a amarelinha”, disse.

Expectativa

Integrante do elenco comandado pelo técnico João Brigatti, o atacante Dudu Scheit não vê a hora de sentir o calor e o incentivo das arquibancadas do estádio Moisés Lucarelli. “Estive olhando os jogos o tempo inteiro (a torcida) apoiando. Teve um jogo que choveu e eles apoiando”, completou o jogador.

Qual time prevalece?

As oscilações neste início de temporada estão deixando o torcedor bugrino na dúvida. Afinal, qual Guarani vai prevalecer na sequência destes primeiros meses do ano? Aquele que fez 3 a 0 no Ituano ou o time que sofreu a virada diante do Mirassol? A equipe que, apesar da derrota, mostrou consistência diante do Corinthians, ou aquele inofensivo da Vila Belmiro? Hoje, há mais pontos negativos que positivos – em crise, o Corinthians, por exemplo, só venceu o Guarani até agora.

Desandou

Depois de sofrer apenas um gol nos três primeiros jogos, a defesa do Guarani desandou na sequência. Nas duas últimas partidas, a equipe foi vazada cinco vezes. Com seis gols sofridos, o Guarani compõe o grupo dos times que têm a segunda pior defesa do Paulistão.

Torcedor sofre

A tabela do Campeonato Paulista está sendo cruel com o torcedor bugrino. Os dois jogos já realizados no Brinco de Ouro foram no meio de semana e às 21h30. Na próxima rodada, a história se repete. Em casa, o Guarani recebe a Inter de Limeira na quinta-feira no mesmo horário.

Judô

A equipe brasileira que disputou o Grand Slam de Paris de Judô terminou sem medalhas. O Brasil ficou perto de conquistar o bronze com Rafael Macedo, mas ele acabou sendo surpreendido pelo quirguiz Erlan Sherov. Com isso, ficou em quinto lugar da categoria até 90kg.

Julgamento

Começou ontem o julgamento de Daniel Alves, em Barcelona, na Espanha, por suposta agressão sexual contra uma mulher de 23 anos em uma casa noturna na cidade catalã. O brasileiro alega inocência e diz que a relação foi consensual. Ele prestaria depoimento ontem, mas a juíza Isabel Delgado Pérez atendeu pedido da defesa para ele ser ouvido depois da mulher que o acusa, das testemunhas e dos peritos. A audiência ocorre em três dias seguidos. Ele deve ser ouvido amanhã, quando os trabalhos têm previsão para serem encerrados.

COLABORAM ELIAS AREDES E SILVIO BEGATT

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por