XEQUE-MATE

As canoas do MDB

Luiz Saviani Rey
14/04/2022 às 11:16.
Atualizado em 14/04/2022 às 11:16

Está nas mãos de Luciano Bivar a decisão de quem será o candidato único à presidência da República pela coligãção União Brasil e MDB (Divulgação)

Está nas mãos de Luciano Bivar a decisão de quem será o candidato único à presidência da República pela coligãção União Brasil e MDB. A despeito do jantar e de conversas entre Luiz Inácio Lula da Silva, nesta semana, e caciques do partido, alas mais decisórias dos emedebistas ainda marcham e raciocinam com a cabeça de lideres do União, cogitando, em especial, na manutenção da candidatura à Presidência da senadora Simone Tebet (MDB-MS). O partido segue com pés em duas canoas até 18 de maio. 

FEDERAÇÃO FECHADA

Finalmente, lideranças de PT, PCdoB e PV fecharam acordo para a formação de federação partidária, com vistas à eleição de outubro em plano nacional. Uma decisão selada agora, mas que havia sido formulada no mês de março deste ano. A federação à época não avançou por conta do PSB, que não concordou com a participação. O obstáculo, à época, residiu no desejo de Márcio França de disputar o governo de São Paulo, opondo-se ao apoio de Lula a Fernando Haddad.

FRASE

"Agradeço a confiança e a honra na indicação de meu nome para compor a chapa com Lula”.
Geraldo Alckmin, candidato a vice-presidente da República

CHAPA FECHADA

O nome do ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSB) foi aprovado ontem no âmago do Partido dos Trabalhadores para compor a chapa presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, nas eleições de outubro próximo.

CHAPA FECHADA 2

O Diretório Nacional do PT acolheu Alckmin e aceitou a formação da chapa com expressivo resultado: 68 votos favoráveis e 13 contrários, registrando-se três abstenções.

CHAPA FECHADA 3

Lideranças nacionais do PT partem agora para a busca de outros partidos, além de PSB, PCdoB e PV, para consolidar coligações e alianças, com vistas ao apoio a Lula para presidente. Rede e PSOL estão na mira.

CHAPA FECHADA 4

Fontes do PT e do PSB garantem que falta pouco para sacramentar a chapa estadual da coligação, com Fernando Haddad para governador de São Paulo e o ex-prefeito de Campinas Jonas Donizette como vice-governador.

PASSO EM FALSO

Sergio Moro dá tratos à bola com seu staff político, tentando reencontrar o caminho de retorno ao status de candidato à Presidência da República em outubro. Suas últimas andanças, depois da desistência, têm resultado em enfrentamentos e um possível ostracismo.

PASSO EM FALSO 2

A opção do ex-juiz e ex-ministro da Justiça pela filiação ao União Brasil - partido resultante da fusão do Democratas e do PSL - foi mal-sucedida, e Moro sequer consegue agora se firmar como candidato ao Senado ou à Câmara Federal, visto que o União define com o MDB seu postulante ao Palácio do Planalto.

PASSO EM FALSO 3

A direção estadual do União Brasil se estranhou com Moro por conta de sua repentina mudança de endereço eleitoral para São Paulo, tentando cavar a legenda de senador.

PASSO EM FALSO 4

De outro lado, há interesses da oposição ao governo federal que Moro volte à corrida presidencial. Pesquisas desta semana assinalam que, com a sua saída de cena, Bolsonaro subiu para 35% quase encostando em Lula, com 40%. A pesquisa é do PoderData.

TEMER EM CAMPO

Enquanto líderes do MDB e do PSDB buscam caminhos para encontrar o candidato da 3<SC210,170> via, a figura do ex-presidente Michel Temer entrou em campo esta semana para tentar a aproximação entre Simone Tebet e João Doria.

TEMER EM CAMPO 2

Temer, Tebet e Doria jantaram terça à noite na casa do empresário Caco Alzugaray, da Editora Três. O encontro foi registrado pelo portal GZH.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por