Publicado 21 de Setembro de 2021 - 19h13

Por Do Correio Popular

Fones de ouvido conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular também é motivo para multa de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH

Divulgação

Fones de ouvido conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular também é motivo para multa de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH

Elas estão incluídas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas muitas infrações ainda são desconhecidas dos condutores. Fumar ou se maquiar ao volante, jogar a bituca do cigarro pela janela, buzinar insistentemente, molhar pedestre ao passar por poças d’água ou trafegar muito devagar são apenas alguns dos exemplos de multas incomuns, segundo o Detran.

A fiscalização de algumas infrações é de âmbito municipal e pode ser multada por guardas municipais somente dentro de seu próprio município, como os amarelinhos da Emdec em Campinas. Outras são de competência estadual e fiscalizadas exclusivamente pela Polícia Militar (PM), órgão que atua em parceria com o Detran. Independentemente de quem fiscaliza, a penalidade é a mesma: multa e perda de pontos na carteira.

“No trânsito, todo cuidado é pouco. Além de ter a atenção voltada para a via, o motorista deve sempre adotar uma conduta de educação para uma situação mais segura para ele e para os pedestres. E algumas atitudes atípicas podem se tornar uma infração”, comenta Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran SP.

Em Campinas, segundo levantamento da Emdec – autarquia responsável pelas autuações de trânsito na cidade – entre as 351 infrações incomuns registradas entre 2019 e 2021, a mais notificada foi a de atirar objetos ou substâncias pela janela do veículo, um total de 322 multas. “Jogar o lixo pela janela é um comportamento de desrespeito com a cidade e o espaço público”, comenta Ayrton Camargo e Silva, diretor-presidente da Emdec. Ele analisa que o Código de Trânsito foi feito com uma visão cidadã e de defesa da vida, preocupação que está embutida nessas multas consideradas incomuns.

O que pode custar multa de trânsito

Fumar enquanto dirige

O ato de fumar ao volante pressupõe que a mão com o cigarro está ocupada. E o artigo 252 do CTB informa que dirigir com apenas uma das mãos - exceto quando for fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha ou acionar equipamentos e acessórios do veículo - é uma infração de trânsito média (4 pontos na CNH), com multa de R$ 130,16 e competência estadual.

Jogar bituca de cigarro da janela do carro

Além de ser um ato que prejudica o meio ambiente, o hábito de jogar o fim do cigarro (e outros objetos) pela janela do veículo é uma infração de trânsito média (artigo 172 do CTB), com 4 pontos na CNH, multa de R$ 130,16 e de competência municipal.

Passar por poças d’água e molhar pedestres

O motorista de um veículo que passa por uma poça d’agua e molha o pedestre que está na rua pode ser multado com base no artigo 171: usar o veículo para arremessar, sobre os pedestres ou outros veículos, água ou detritos. A infração é média (4 pontos na CNH) e multa de R$ 130,16, com competência de fiscalização municipal.

Buzinar demais é problema

Seu time foi campeão e você foi para a rua comemorar, ou é um motorista impaciente no trânsito? Cuidado! Usar buzina prolongada e sucessivamente pode render uma multa de R$ 88,38, se sua placa for anotada por um amarelinho ou guarda municipal. É o que mostra o artigo 227 que classifica essa infração como eve (3 pontos na CNH) e de competência municipal.

Comer ou retocar a maquiagem ao volante

A pressa é inimiga da perfeição e pode doer no bolso. Se maquiar ou comer apoiando o volante com o braço pode ser interpretado como dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança, com base no artigo 169 do CTB. Infração leve (3 pontos na CNH), multa de R$ 88,38 e a fiscalização pode ser tanto do estado quanto do município.

Trafegar abaixo do limite permitido para a via

Dirigir muito devagar também é infração. O artigo 219 diz que não é permitido transitar em velocidade inferior à metade da velocidade máxima da via, retardando ou obstruindo o trânsito. A menos que as condições de tráfego e meteorológicas não o permitam, ou se estiver na faixa da direita. Infração média (4 pontos na CNH), multa de R$ 130,16 e competência municipal.

Veículo em movimento com pisca-alerta ligado

É preciso ter cuidado ao utilizar o pisca-alerta no veículo. Com base no artigo 251 do CTB, o pisca-alerta - exceto em imobilizações ou emergências - pode render uma multa de trânsito de R$ 130,16. Portanto, não trafegue com o pisca-alerta ligado. A infração é classificada como média (4 pontos na CNH) e a fiscalização é municipal.

Transporte de animais à esquerda

O artigo 252 do CTB mostra que o transporte de animais (ou de pessoas ou pacotes) à esquerda ou entre os braços e pernas é uma infração de trânsito. Por isso - se não quiser perder 4 pontos na carteira e pagar uma multa de R$ 130,16 - é melhor transportar os bichinhos de estimação em caixa adequada, cadeirinha para pet ou cinto de segurança especial. A fiscalização é estadual.

Dirigir de salto alto ou fones de ouvido

Calçados com salto alto ou chinelo de dedo não são para dirigir. O artigo 252, no inciso IV, lista como infração usar calçado que não se firme nos pés ou que comprometa a utilização dos pedais. No mesmo artigo, inciso VI, usar fones de ouvido conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular também é motivo para multa de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH. Competência estadual.

Adesivar o para-brisa traseiro

Cuidado com os adesivos que comprometem a visão do motorista. Segundo o artigo 230 do CTB, inscrições, adesivos, legendas e símbolos de caráter publicitário no para-brisa traseiro que comprometem a visão é uma infração grave (5 pontos na CNH) e o veículo pode ser retido para regularização, além da multa de R$ 195,23. A fiscalização é estadual.

Escrito por:

Do Correio Popular