GUARANI E NHC

O handebol de Campinas está mais forte

Parceria da associação NHC com o Bugre aponta para novos horizontes a partir de 2024

Esportes Já
29/01/2024 às 09:37.
Atualizado em 29/01/2024 às 09:37
O time adulto masculino tem a expectativa de disputar o campeonato paulista (Divulgação)

O time adulto masculino tem a expectativa de disputar o campeonato paulista (Divulgação)

O anúncio de uma nova parceria movimentou o esporte amador da cidade na última semana. O Novo Handebol Campinas (NHC), uma das associações da modalidade no município, agora conta com o apoio do Guarani Futebol Clube. O evento de lançamento do novo acordo aconteceu no dia 20 de janeiro e as atividades no ginásio de esportes nas dependências do Brinco de Ouro começaram na última semana. A equipe, agora, passa a se chamar Guarani SAB NHC – a associação tem ligação com a Sociedade Amigos de Bairros (SAB) do Jardim Eulina.

“O Guarani chega para agregar e melhorar ainda mais nosso projeto”, celebra o coordenador Milton Dias Fonseca Junior, que iniciou as atividades de forma voluntária na Praça de Esportes Carlo Grimaldi, no Parque Industrial, há seis anos, e hoje vê os resultados positivos da iniciativa. O projeto, que conta com equipes adultas e de base, além de desenvolver trabalhos de iniciação, já tem o apoio do Fundo de Investimento Esportivo de Campinas (FIEC) da Prefeitura.

Segundo Fonseca Junior, a parceria permitirá o fortalecimento da estrutura voltada à formação e possibilitará a participação das equipes de rendimento em campeonatos maiores. Uma das primeiras iniciativas será viabilizar a inserção da associação pela primeira vez no campeonato paulista, que neste ano tem largada prevista para abril.

“Os valores das taxas de inscrição para disputar o campeonato paulista sempre estiveram fora da nossa realidade. Mas o Guarani buscará recursos com patrocinadores”, afirma Fonseca Junior, que já projeta a participação de três equipes na competição - o adulto masculino e uma da categoria de base, tanto no masculino como no feminino. Atualmente, a associação representa a cidade em competições da Liga de Handebol do Interior (LHI) e do Estado (LHESP), com bons resultados alcançados.

No trabalho de iniciação, a expectativa do projeto é ampliar em praticamente 100% o número de atendidos. “Hoje, temos 52 crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos e esperamos chegar a 100”, contabiliza o coordenador. Ampliar o grupo da base também está entre as projeções. “São 116 atletas nas categorias sub16, sub18, sub21 e adulto masculino e feminino. Pretendemos criar o sub14 e aumentarmos o número de integrantes para cerca de 140”, explica Fonseca Junior.

O acordo também irá centralizar as atividades em um único espaço, possibilitando uma maior integração dos trabalhos desenvolvidos, de acordo com o coordenador do grupo. Até então, os treinos, projetos de formação e jogos eram divididos entre o Concórdia, Escola Bento Quirino, Praça de Esportes do Parque Industrial e a Escola Estadual Adalberto Prato e Silva, na Vila Costa e Silva. Agora, as ações estarão concentradas no ginásio de esportes do Guarani. “Essa parceria nos dá ânimo para seguir trabalhando em prol do esporte amador de Campinas”, comemora o coordenador. 

ÁGUIAS

Outro projeto que torna Campinas um centro importante da modalidade é a Associação Campineira de Handebol (ACH), cujas equipes são chamadas de Águias. Criada em 1998, a ACH conta com núcleos nas escolas e trabalho de formação de atletas e técnicos. Já os times de rendimento colecionam títulos importantes e convocações de atletas para a seleção brasileira.

A equipe adulta feminina tem uma nova casa para treinamentos e jogos (Divulgação)

A equipe adulta feminina tem uma nova casa para treinamentos e jogos (Divulgação)

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por