NO BRINCO

Golaço da solidariedade

Jogo da Família, organizado por Amoroso, reúne em Campinas ex-jogadores de destaque e tem arrecadação recorde de alimentos

Esportes Já
04/12/2023 às 09:25.
Atualizado em 04/12/2023 às 09:25
A partida, que reuniu grandes craques do passado (Kamá Ribeiro)

A partida, que reuniu grandes craques do passado (Kamá Ribeiro)

Muito mais do que uma confraternização por meio do esporte, a segunda edição do Jogo da Família, que aconteceu neste final de semana, em Campinas, representou uma vitória da solidariedade. Organizado pelo ex-craque Amoroso, o evento no Brinco de Ouro reuniu jogadores do passado para uma partida festiva no último sábado. Além de divertir o público, o jogo também contribuiu para ajudar quem precisa. O ingresso foi a doação de 2kg de alimento por pessoa, mas, antes mesmo de a partida começar, a arrecadação já tinha batido quase 6,5 toneladas, segundo a organização. Dentro de campo, o jogo teve 11 gols, com o time azul ganhando do amarelo por 7 a 4. Amoroso jogou dos dois lados.

"A satisfação é enorme em poder reunir tantos craques e amigos que fiz ao longo da minha carreira", disse durante o evento o "Cidadão Campineiro" Amoroso, que iniciou a carreira no Guarani e ainda brilhou no São Paulo, Flamengo, futebol italiano, alemão e Seleção Brasileira. "Mas o que mais me alegra é poder contribuir com tantas famílias que estão precisando", completou o ex-jogador, lembrando que a quantidade arrecadada foi encaminhada ao Banco de Alimentos da Prefeitura

Neste ano, a arrecadação superou em duas toneladas o volume do ano passado, quando aconteceu a primeira edição, isso sem contabilizar a coleta feita durante o jogo. A organização informou que divulgará a quantidade total durante a semana. "O futebol nos deu tanta coisa que o mínimo que podemos fazer é retribuir de alguma forma", comentou o zagueiro uruguaio Lugano, uma das estrelas da festa ao lado de Ronaldão, Marcos Assunção, Djalminha, Elano, Fumagalli, André Cruz, João Paulo, Aloísio Chulapa, Juninho Paulista, entre outros.

Neste ano, a arrecadação superou em duas toneladas o volume do ano passado (Kamá Ribeiro)

Neste ano, a arrecadação superou em duas toneladas o volume do ano passado (Kamá Ribeiro)

Antes da bola rolar, todos os presentes no estádio prestaram uma homenagem ao jornalista e radialista José Arnaldo Canisim, que morreu aos 73 anos na madrugada de sábado. Voz conhecida no papel de âncora de programas esportivos e comentarista respeitado com atuação por vários anos em Campinas, ele foi lembrado com um minuto de silêncio. Quando o jogo começou, logo no primeiro minuto, Amoroso colocou o time de camisa amarela na frente em cobrança de pênalti, mas aos 7', a equipe azul já tinha virado o jogo, primeiro com Fumagalli, aproveitando rebatida da defesa após cruzamento de Rubens Cardoso, e depois com um golaço em chute de fora da área de Paulo Sérgio.

O maior adversário em campo foi o calor. A temperatura de 33ºC e sensação térmica próxima de 43ºC obrigaram os ex-atletas, já fora da forma dos tempos em que eram profissionais, a frearem o ritmo. Mesmo assim, a rede ia balançando. O ex-bugrino João Paulo ampliou para o time azul e Ewerthon diminuiu para o adversário, mas Paulo Sérgio voltou a marcar. Mostrando ainda a habilidade característica, Djalminha foi um dos destaques do primeiro tempo, que terminou com o placar de 4 a 2 para os azuis.

No segundo tempo, a formação dos dois times foi diferente. Dos que jogaram a etapa inicial, apenas Amoroso permaneceu em campo, se revezando na composição das duas equipes. Um dos lances mais bonitos, já quase no final da partida, foi protagonizado por Thiago Gentil, que acertou a trave após uma linda bicicleta. A bola ainda foi desviada pelo goleiro Pitarelli, que evitou o gol. Mas Thiago Gentil também marcou o dele para os amarelos. Os azuis fizeram mais três com Vini (2) e Medina e, no último minuto, a partida terminou como começou: em cobrança de pênalti. Aloísio Chulapa converteu e diminuiu para a equipe de camisa amarela. Chuva de gols e de solidariedade no Brinco.

A partida, que reuniu grandes craques do passado e foi patrocinada pela LG Mota, agradou o público, que levou alimentos para serem doados a famílias de Campinas em situação de vulnerabilidade social (Kamá Ribeiro)

A partida, que reuniu grandes craques do passado e foi patrocinada pela LG Mota, agradou o público, que levou alimentos para serem doados a famílias de Campinas em situação de vulnerabilidade social (Kamá Ribeiro)

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por