REAÇÃO

Aliviado, Guarani Promete manter 'pegada' após primeira vitória

Com jogadores lesionados, Júnior Rocha fará mudanças para a partida de amanhã, contra o Coritiba, fora de casa

Silvio Begatti
13/05/2024 às 14:54.
Atualizado em 13/05/2024 às 14:54
Grupo celebra no Brinco de Ouro, depois do time abrir o placar na partida de sábado (Raphael Silvestre/Guarani FC)

Grupo celebra no Brinco de Ouro, depois do time abrir o placar na partida de sábado (Raphael Silvestre/Guarani FC)

Alívio e confiança. Esses foram os sentimentos que tomaram conta da comissão técnica e jogadores do Guarani depois da vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo de Ribeirão Preto, sábado à noite, no Brinco de Ouro. Após três derrotas seguidas, o Bugre conquistou seus primeiros pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Para o técnico Júnior Rocha, que fez seu segundo jogo no comando da equipe, a vitória foi resultado da entrega dos jogadores em campo, um perfil que, segundo ele, vai marcar a trajetória do Guarani na competição.

“A competitividade, essa disputa intensa pela bola, nunca vai faltar. Ninguém vai exigir que se jogue como o Real Madrid ou Barcelona. Mas tem que ter entrega. O que os jogadores fizeram contra o Botafogo será o mínimo daqui pra frente”, afirmou o treinador. “Muitas vezes, vamos tropeçar, a Série B é assim, mas o adversário terá que mostrar muito comprometimento para nos superar. Da nossa parte, mesmo que alguns jogadores não estejam em um dia bom, nunca pode faltar intensidade, comprometimento e tesão para fazer as funções.”

Uma equipe com característica aguerrida é o primeiro passo para resgatar a identidade do Guarani com a torcida, enfatizou Júnior Rocha, que vê essa sintonia entre jogadores e arquibancada como fundamental para uma boa campanha. “Quando estive no CRB, Figueirense e Santa Cruz percebi como o apoio do torcedor é essencial e faz a diferença. Aqui no Guarani queremos resgatar isso. Nossa intenção é que a torcida sinta prazer de ver o time em campo. Contra o Botafogo, ela foi maravilhosa, nos apoiou do início ao fim. Agora, temos que trabalhar para na próxima partida no Brinco trazer mais gente.” O público no sábado foi de R$ 3.060 pessoas.

O elenco foi mais uma vez elogiado pelo treinador, que tem enfatizado o comprometimento dos atletas. “O Guarani formou um grupo de vencedores”, definiu. “São jogadores interessados, trabalhadores”, comentou, sem deixar de expor a variedade de opções oferecidas pelo grupo, exemplificada nos artilheiros da partida de sábado. João Victor e Luccas Paraizo, os autores dos gols contra o Botafogo, foram novidades. O primeiro estreou como titular na Série B e Paraizo também jogou pela primeira vez, ao entrar no final do primeiro tempo na vaga de Caio Dantas, que deixou o campo com lesão muscular.

Júnior Rocha afirma que ainda precisa de um tempo para ajustar a equipe taticamente, principalmente na parte ofensiva, mas já viu evolução contra o Botafogo, com jogadas treinadas sendo colocadas em prática. “Já estamos preenchendo melhor os setores, alguns conceitos estão sendo assimilados e os atletas estão entendendo melhor o papel de cada um em campo.”

Para não perder o embalo, o Guarani terá pela frente o Coritiba, já amanhã, às 21h30, no Couto Pereira. O adversário está em crise. Demitiu o técnico Guto Ferreira e vem de duas derrotas seguidas, a última no sábado à noite, diante do Avaí, por 1 a 0.

Para essa partida, Júnior Rocha terá que fazer mudanças. Luan Dias e Caio Dantas deixaram o campo ainda no primeiro tempo, machucados. O meia sofreu um pisão no pé esquerdo e apareceu no gramado durante o segundo tempo de muletas, enquanto o atacante sentiu um incômodo muscular na posterior da coxa direita. O volante Camacho também se lesionou - teve trauma na região cervical. Chay e Lucas Paraizo, que entraram contra o Botafogo, são as opções para o meio de campo e ataque. Na vaga de Camacho, as alternativas, a princípio, são Kayque e Lucas Araújo.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por