Publicado 21 de Dezembro de 2021 - 9h22

Por Lucas Rossafa / Correio Popular

Moisés Ribeiro foi indicado por Gilson Kleina; atleta foi revelado pelas categoprias de base da Portuguesa

Márcio Cunha / Chapecoense

Moisés Ribeiro foi indicado por Gilson Kleina; atleta foi revelado pelas categoprias de base da Portuguesa

A diretoria executiva da Ponte Preta oficializou a contratação de Moisés Ribeiro para próxima temporada.

Ex-Chapecoense, volante, com contrato até o final da Série B do Campeonato Brasileiro, é o primeiro reforço anunciado pelo presidente Marco Antônio Eberlin na Macaca para 2022.

O jogador de 30 anos é esperado no Estádio Moisés Lucarelli no início de janeiro para realização dos exames físicos e clínicos antes de se integrar ao elenco na pré-temporada.

O profissional é uma indicação direta do técnico Gilson Kleina, com o qual trabalhou em Santa Catarina.

Moisés defendeu a Chapecoense desde 2016 e foi titular absoluto na última edição do Campeonato Brasileiro.

Ele é revelado nas categorias de base da Portuguesa e também soma passagens por Olaria, Bragantino, Boa Esporte, Mogi Mirim, Linense, Sampaio Corrêa e Avispa Fukuoka (JAP).

Natural de Salvador, o novo reforço pontepretano tem como principal característica a marcação. Como típico camisa 5, apesenta ainda a vitalidade como ponto forte nos combates.

A tendência é de que dispute a titularidade com André Luiz, um dos remanescentes para próxima temporada.

"Estou muito feliz e motivado em ir para um time de tanta tradição. Quero deixar minha marca e fazer de tudo para ficar na memória do clube", diz Moisés Ribeiro, em entrevista ao site oficial.

Boas notícias

Em clima de final de ano, a Ponte Preta também oficializou a renovação contratual de Fábio Sanches por mais uma temporada.

Titular absoluto no segundo semestre, o zagueiro assinou novo vínculo junto à Macaca, desta vez até o final da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022.

O acordo do beque, válido até o último dia 30 de novembro, vai até dezembro do ano que vem e foi assinado na semana passada.

Para viabilizar a permanência no Estádio Moisés Lucarelli, o atleta precisou renegociar débitos não acertados pelo presidente Sebastião Arcanjo.

"Estou muito feliz em ter renovado meu contrato com a Ponte Preta e, se Deus quiser, poder fazer uma temporada completa, já que neste ano cheguei na metade”, concluiu.

Escrito por:

Lucas Rossafa / Correio Popular