Publicado 19 de Dezembro de 2021 - 10h39

Por Lucas Rossafa / Correio Popular

Forner foi braço direito dos dois últimos comandantes da Alvinegra: Fábio Moreno e Gilson Kleina.

Diego Almeida/PontePress

Forner foi braço direito dos dois últimos comandantes da Alvinegra: Fábio Moreno e Gilson Kleina.

A Ponte Preta confirmou o desligamento de Sandro Forner para próxima temporada.

Em processo de reformulação no Departamento de Futebol, a Macaca abriu mão do auxiliar técnico, fora dos planos do presidente Marco Antônio Eberlin em 2022.

O profissional foi contratado na gestão do ex-presidente José Armando Abdalla Júnior, em agosto de 2019, para assumir o Sub-20. Ele, inclusive, dirigiu a garotada no Campeonato Paulista e no Campeonato Brasileiro, além da Copa São Paulo de Futebol Júnior um ano depois.

"Agradecemos muito ao Sandro (Forner), que é um excelente profissional. Ele chegou como técnico do Sub-20, conquistou seu espaço e até já atuou como treinador interino no profissional", afirmou o presidente Eberlin, em entrevista ao site oficial do clube.

"Esta mudança, porém, faz parte da reformulação que estamos fazendo tanto do ponto de vista financeiro como para oxigenar o setor", emendou o mandatário, que já anunciou o ex-centroavante Luís Fabiano como novo coordenador técnico para próxima temporada.

Fixo na comissão técnica, Forner foi o braço direito dos dois últimos comandantes da Alvinegra: Fábio Moreno e Gilson Kleina. A saída também faz parte de um projeto de contenção de gastos implementado pela nova diretoria, que assume oficialmente a partir de 1º de janeiro de 2022.

Sandro é mais um profissional ligado ao futebol demitido por Eberlin - antes, Alarcon Pacheco, executivo de futebol, e Fábio Moreno, coordenador técnico, deixaram o Majestoso após término da Série B do Campeonato Brasileiro em 26 de novembro. Novas baixas não são descartadas.

A trajetória no time profissional da Ponte Preta também incluiu uma vitória no dérbi campineiro em cima do rival Guarani, no Campeonato Paulista de 2021. Na oportunidade, com Moreno suspenso por expulsão, ele dirigiu a equipe no triunfo por 3 a 1, em 05 de maio, em casa.

Promessa

Por falar em base, Douglas Mendes deve receber mais oportunidades no profissional da Ponte Preta na próxima temporada.

Prata da casa, o zagueiro estreou oficialmente pela Macaca na vitória de virada em cima do Coritiba por 3 a 2, no Moisés Lucarelli, em 26 de novembro

DG, como é chamado, esteve em ação por 25 minutos na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e iniciou, enfim, a trajetória no time principal da Alvinegra, com o qual tem contrato assinado em definitivo até 31 de janeiro de 2024.

Douglas, de boa estatura, é bem avaliado pelo técnico Gilson Kleina. A tendência é de que o camisa 39, atualmente opção no banco de reservas, receba mais minutagem a partir do Campeonato Paulista e, gradativamente, entre de vez na briga pela titularidade no decorrer de 2022.

Com elenco em reformulação, o garoto ainda não sabe quais serão os concorrentes pelo miolo de zaga. Aos 17 anos, ele é tratado como uma das principais joias das categorias de base nos últimos anos.

Escrito por:

Lucas Rossafa / Correio Popular