PRECAUÇÃO POR FALTA DE GOLS

Ponte Preta aposta em defesa sólida

Com ataque em baixa, Hélio dos Anjos fortalece sistema defensivo para evitar novas derrotas

Júlio Nascimento
17/05/2022 às 19:57.
Atualizado em 18/05/2022 às 08:12

Thiago Oliveira é um dos destaques da defesa da Macaca; zagueiro é elogiado pelo técnico Hélio dos Anjos (Diego Almeida/Pontepress)

As oscilações apresentadas pela Ponte Preta no início da Série B são resumidas na campanha da equipe. Foram duas vitórias, dois empates e três derrotas nos sete primeiros jogos na competição. Com oito pontos, a Macaca se apresenta em posição intermediária na classificação.

Para subir na tabela, a equipe comandada por Hélio dos Anjos vai enfrentar uma maratona com adversários do pelotão de frente: Sport, Bahia, Ituano e Chapecoense. Todos integrantes do grupo dos dez melhores colocados no Campeonato Brasileiro.

Além da oportunidade de enfrentar equipes fortes e fortalecer o moral do plantel, a Macaca pode diminuir a diferença para o G4 - hoje de cinco pontos para o Vasco da Gama, quarto colocado, com 13 pontos.

“O grupo está evoluindo dentro do campeonato e estamos trabalhando forte para buscar vitórias em todos os jogos. É uma sequência contra adversários fortes, mas não vemos problema. Confiamos no nosso trabalho. Vamos em busca dos pontos começando pelo jogo contra o Bahia”, explica o zagueiro Thiago Oliveira em entrevista coletiva.

O defensor será peça fundamental no primeiro desafio, diante do Bahia, em Salvador, na sexta-feira. Os adversários são donos do melhor ataque da competição após sete rodadas: marcaram nove gols.

Mas o sistema defensivo pontepretano tem sido a chave para os melhores desempenhos da equipe na Série B. De acordo com dados do Footstats, a Macaca tem o quinto melhor ataque da competição. Foram quatro gols sofridos em sete jogos. A equipe campineira está atrás apenas dos integrantes do G4: Sport, Cruzeiro, Bahia e Vasco.

Os comandados de Hélio dos Anjos estão entre os que menos oferecem oportunidade de finalização para os adversários. Foram 25 finalizações sofridas na competição. Média de apenas 3,57 por jogo. Encurtar as chances criadas pelos rivais é uma das apostas para garimpar melhores resultados.

“O nosso trabalho na parte defensiva é muito forte. Não fomos bem no Campeonato Paulista, mas a chegada do Hélio dos Anjos foi importante para adquirir confiança e corrigir os problemas. Nossa ideia é seguir com o maior número de jogos sem sofrer gol”, reitera Thiago.

“Nos foi cobrado aumentar o nível de competitividade. Eu vejo o grupo com mais raça, entrega e confiança. Estamos levando isso para dentro do campo, inclusive trabalhando mais no aspecto físico. Queremos continuar dando a volta por cima na temporada”, completa.

Forte no Moisés Lucarelli, a Ponte Preta sofreu o primeiro gol como mandante na última rodada. O gol marcado por Ronaldo, em cobrança de pênalti para o Novorizontino, quebrou uma sequência invicta da defesa em casa contra Grêmio, CRB e Brusque.

Mas o foco da comissão técnica agora está no trabalho ofensivo. Com apenas três gols marcados, a produção do ataque tem sido foco nos últimos treinamentos de Hélio dos Anjos.

“É claro que não adianta trabalhar apenas a parte defensiva. Queremos também melhorar o ataque e acredito que é uma responsabilidade de quem atua atrás colaborar para a bola chegar na frente. Estamos priorizando o entrosamento, ainda tem gente estreando e com o tempo vamos adquirindo mais confiança nos setores”, encerrou Thiago Oliveira.

Possibilidades

O técnico Hélio dos Anjos deve ganhar mais opções para montar o time que vai viajar para Salvador nesta semana. Liberado após edema muscular, Fábio Sanches retornou às atividades leves e pode ser relacionado. Ele foi substituído no dérbi 203 e cedeu espaço para Fabrício, titular na última partida.
O atacante Echaporã, também vetado contra o Novorizontino, voltou ao cronograma de treinamentos com o restante do grupo. 

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por