Publicado 19 de Dezembro de 2021 - 19h54

Por Estadão Conteúdo

Vinicius Junior deu trabalho em suas arrancadas pela esquerda

Divulgação

Vinicius Junior deu trabalho em suas arrancadas pela esquerda

Em uma de suas atuações mais fracas nesta temporada, o Real Madrid tropeçou diante do Cadiz, penúltimo colocado do Campeonato Espanhol, e teve encerrada uma série de dez vitórias consecutivas, somando outras competições. Jogando no Santiago Bernabéu, o time da capital empatou sem gols, neste domingo, pela 18ª rodada.

Com o tropeço, o Real chegou aos 43 pontos, seis acima do vice-líder Sevilla, que tem um jogo a menos na tabela. O Cadiz, por sua vez, segue na 19ª e penúltima posição, com apenas 14, à frente apenas do combalido Levante, dono de somente oito pontos em 17 jogos.

O Real entrou em campo com os brasileiros Eder Militão, Casemiro e Vinicius Junior entre os titulares. Rodrygo e Marcelo, assim como Modric, Asensio, Bale e Lunin foram desfalques, por covid-19. Deste grupo, apenas Modric é considerado titular. E a baixa contribuiu para o empate sem gols neste domingo.

Sem o volante croata, o Real penou na armação. No primeiro tempo, o time da casa praticamente só ameaçou uma vez o gol defendido por Ledesma. Com performance acima do esperado, o Cadiz controlou bem as investidas dos favoritos e conseguiu segurar o empate até o intervalo.

O time da casa voltou melhor no segundo tempo e bombardeou a defesa visitante nos primeiros minutos. Benzema e Hazard criaram boas oportunidades, sem sucesso. Vinicius Junior deu trabalho ao lateral Akapo em suas arrancadas pela esquerda. O bom ritmo do Real colocou o Cadiz sob pressão total. Surpreendentemente, o vice-lanterna conteve o ímpeto do ataque merengue e somou um importante ponto fora de casa.

Ainda neste domingo, o Granada goleou o Mallorca por 4 a 1, com três gols de Jorge Molina, em casa. O time chegou aos 19 pontos, na 15ª colocação, afastando-se da zona de rebaixamento. Também diante de sua torcida, o Athletic Bilbao bateu o Betis por 3 a 2, com dois gols de Iñaki Williams. O Getafe bateu o Osasuna por 1 a 0.

Escrito por:

Estadão Conteúdo