Publicado 04 de Agosto de 2021 - 10h29

Por Odair Alonso/Correio Popular

Júnior Todinho assinou contrato até o final do Campeonato Brasileiro; atleta irá suprir a ausência de Davó

Divulgação

Júnior Todinho assinou contrato até o final do Campeonato Brasileiro; atleta irá suprir a ausência de Davó

O Guarani confirmou oficialmente na tarde desta terça-feira, em entrevista de seu superintendente de Futebol Michel Alves, as contratações dos atacantes Júnior Todinho, artilheiro da equipe do ano passado, que assinou contrato até o final da série B, para repor a saída de Davó e também do atacante Maxwell, que vem do Sport, mas pertence ao Kalmar da Suécia, mas com contrato com o Bugre até o final de 2022. Ambos vão se condicionar fisicamente para poder fazer a estréia no time de Daniel Paulista, o mais rápido possível.

O elenco do Guarani fez na manhã desta terça-feira mais um treinamento visando o jogo contra o Brasil de Pelotas, pela seqüência da Série B do Campeonato Brasileiro, sexta-feira, às 19h no Brinco de Ouro. As atividades realizadas no CT foram intensas e marcadas por ajustes defensivos e ofensivos feitos pelo técnico Daniel Paulista. Após o aquecimento, o grupo foi dividido em duas partes. De um lado, foram trabalhadas movimentações com e sem bola, além de infiltrações e finalizações. Do outro, os jogadores de defesa se alternaram para um treino de posicionamento.

Na sequência os atletas foram separados em três times com oito jogadores de linha cada, para uma atividade em que as equipes puderam enfatizar a organização defensiva e ofensiva. Enquanto um time atacava em busca do gol, o outro tentava recuperar a bola e passar do meio-de-campo para ter a possibilidade de atacar a terceira equipe, que aguardava a definição para entrar na disputa. O Guarani volta a treinar na tarde desta quarta-feira intensificando sua preparação para o próximo compromisso, sexta-feira, às 19h, contra o Brasil, quando Daniel Paulista não poderá contar com o meia Régis, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ele espera pelos treinamentos, pelo departamento médico e evolução dos atletas em transição para efetuar outras possíveis alterações no time titular.

Michel Alves

O superintendente de futebol Michel Alves concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira . Falou sobre contratações para o gol e defesa: “estamos com o grupo praticamente fechado. Outras posições se tivermos saída de alguém sim, mas nada de forma precipitada. O grupo é esse. Temos confiança. Quanto ao gol, por ora estamos bem servidos, mesmo com a saída do Lucas França, não estamos inseguros, hoje estamos bem servidos”.

A seguir ele fez um balanço da série B:” na verdade fazemos diariamente isso, a gente iniciou a competição sempre próximo ao G4 ou dentro dele, estamos numa oscilação, o importante é corrigir a rota, sabemos o que fazer, algumas coisas a corrigir, existe uma indignação por parte dos atletas, da comissão, mas é página virada, a equipe vem produzindo, fazendo bons jogos, é dessa maneira que a gente discute o dia-a-dia. Os jogadores estão de parabéns pela maneira que vem se empenhando, com a camisa do Guarani e a gente valoriza muito isso. Quando tem um resultado que você não aceita, isso é um passo importante, ninguém está satisfeito”.

Quanto às atitudes tomadas depois de duas derrotas, ele esclareceu: “eu acompanho diariamente o departamento de futebol, a relação com a comissão técnica é de muito respeito, tenho o dever de fazer as colocações. Temos de melhorar, não podemos ficar satisfeitos, a busca da excelência é continua, com humildade, pontuando sobre todos os assuntos”.

Ele também analisou os goleiros do Guarani: “os goleiros são contestados por parte da torcida e me perguntam sobre o trabalho do Silvano Austrália: “o Guarani está trabalhando para revelar goleiros, é a nossa metodologia de trabalho, ele é extremamente capacitado.

Existe margem para crescimento dos goleiros formados nas categorias de base, destacou Michel Alves.

Escrito por:

Odair Alonso/Correio Popular