Publicado 29 de Julho de 2021 - 10h29

Por Odair Alonso/Correio Popular

Além de Maxwell, a diretoria bugrina estuda o mercado para realizar outras contratações pontuais,

Anderson Stevens / Sport

Além de Maxwell, a diretoria bugrina estuda o mercado para realizar outras contratações pontuais,

O Guarani não confirma, mas está prestes a anunciar a contratação do atacante Maxwell, para a série B do campeonato brasileiro. Fora dos planos de Umberto Louzer, o atacante se despediu do Sport e viajou para Maceió para definir os trâmites antes de viajar para Campinas e fazer os exames médicos e assinar o contrato. Virá por empréstimo, pois seu passe pertence ao Kalmar FF, da Suécia.

O jogador de 26 anos tem contrato com o futebol europeu até maio de 2023 e deve ser cedido ao Guarani até o final de 2022, portanto, um ano e meio de contrato. Revelado na base do CRB, ele passou por Red Bull Brasil, Tupi, ABC, Kalmar FF, Cuiabá e Sport. A última vez que entrou em campo foi em 10 de julho, pelo Sport, contra o Fluminense.

O Bugre superou a concorrência de vários clubes da série B, especialmente do Remo, onde ele teve a indicação do treinador Felipe Conceição. O Leão da Amazônia inclusive já tinha acertado as bases salariais e tempo de vínculo. Outros interessados eram o Brasil de Pelotas, o Confiança e o Vitória.

A boa campanha do alviverde na competição nacional, a vitrine proporcionada pelo Brinco de Ouro, pagamentos em dia e chance de disputar o Paulistão de 2022, seduziram Maxwell.

Treinos

Aproveitando a “semana cheia” antes do jogo contra o Vila Nova, sábado, às 11h, no Brinco de Ouro, próximo compromisso pela série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani está treinando e apresentando novidades.

Na manhã desta quarta-feira o elenco bugrino realizou uma atividade no Centro de Treinamento, onde o técnico Daniel Paulista e sua comissão técnica tiveram a possibilidade de fazer ajustes técnicos e táticos na equipe.

Após o aquecimento, o elenco foi dividido para trabalhar em espaço delimitado, em que foi dada especial atenção para a troca rápida de passes e a marcação. Na sequência, debaixo de muita chuva, os jogadores foram divididos em duas equipes para um trabalho técnico também em campo reduzido. Na oportunidade foram simuladas situações de jogo.

Novidades

O treinamento contou com novidades para treinador alviverde. Os zagueiros Bruno Bianconi e Ronaldo Alves deixaram o departamento médico, foram liberados para fazer atividades e iniciaram os trabalhos com bola. Ambos participaram de uma etapa da movimentação e serão avaliados diariamente.

Dependendo da evolução apresentada, poderão ficar à disposição para o jogo de sábado. Ainda existe a esperança da liberação do zagueiro Ian Carlo.

O grupo volta aos trabalhos na manhã desta quinta-feira e terá mais duas sessões de treinamentos, especialmente nesta sexta-feira, para as definições, antes de voltar a campo para enfrentar o Vila Nova.

Como o ponta Allan Victor, que não enfrentou o Vasco, por problemas particulares, também já está liberado, Daniel Paulista ganha opções para escalar o time.

Hoje, num primeiro esboço, ele já teria à disposição: Gabriel Mesquita; Pablo, Thales, Tití (Ronaldo Alves) e Bidú; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis; Allan Victor (Andrigo), Bruno Sávio e Lucão do Break (Matheus Souza).

Nomes

As contratações no Guarani são definidas por três nomes: Ricardo Moisés, presidente, Michel Alves, superintendente de futebol e Daniel Paulista. O treinador verde e branco afirmou que está feliz com o elenco, que precisa é manter os jogadores, não perder mais ninguém, mas deixa aberta a possibilidade de novas contratações: ”Precisamos de alguém para o lugar de Davó, é necessário repor. Além disso ficamos atentos a várias situações de mercado, surgindo alguém interessante o Guarani vai trazer”.

Embora tenha muitos zagueiros contundidos, o que mais se comenta no Brinco de Ouro é a possibilidade de trazer mais um lateral, a qualquer momento. E, talvez, mais um atacante.

Escrito por:

Odair Alonso/Correio Popular