POSTURA

Hélio dos Anjos destaca atuação da Macaca

Ponte Preta conquistou um ponto fora de casa e está na 10ª posição; resultado foi comemorado

Wendell Coral
09/05/2022 às 20:15.
Atualizado em 10/05/2022 às 08:13

Treinador aprovou a postura e o comportamento em campo dos jogadores durante o dérbi de domingo (Thomaz Marostegan/Guarani FC)

Hélio dos Anjos aprovou a postura e o comportamento em campo da Ponte Preta na sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro no empate sem gols diante do Guarani, no Dérbi-203, em duelo realizado no último domingo, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

O treinador teve praticamente uma semana de treinos para preparar a equipe visando ao clássico campineiro. Mantendo a base dos 11 jogadores titulares pelo quarto jogo consecutivo, com exceção apenas do lateral-esquerdo Artur, vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão no músculo posterior da coxa, a Macaca conquistou um ponto importante para a sequência da competição.

"Tenho que enaltecer o resultado. A última vez que a Ponte Preta esteve aqui, passaram por cima da gente. Desta vez ninguém passou, e não vai passar por cima do nosso time enquanto eu for o técnico. Fizemos um jogo merecedor de muita dedicação, porque o adversário tem o seu valor. O dérbi inflama e a atmosfera é completamente diferente", analisou o comandante, em coletiva de imprensa.

"Estou feliz porque somamos um ponto fora de casa. Pelo comportamento do time, a solidez defensiva realmente faz parte da característica da nossa equipe. São seis partidas e três gols sofridos. Se você fizer uma competição com os números dessa forma, você briga por algo. A Ponte vai ser muito aguerrida, dedicada e com boa técnica", completou.

Do time que iniciou, quatro atletas são cria das categorias de base do clube, o zagueiro Thiago Oliveira, o lateral-esquerdo Jean Carlos, além dos volantes Léo Naldi e Felipe Amaral, de apenas 18 anos de idade e que, sempre que possível, Hélio faz menção de destacar a qualidade do garoto.

"Todo mundo que jogou no domingo, iniciou o ano em janeiro. Sabe quando o Felipe Amaral iniciou? Quando eu tinha 15 dias aqui e começou o ano na base. O primeiro jogo-treino foi quando eu o vi e decidi colocar dentro do meu grupo. É um menino extremamente jovem, mas suporta a pressão de jogar um campeonato dessa grandeza sem poder errar. A responsabilidade dele é muito grande. É um jogador acima da média. Posso até errar, mas é um jogador de futuro brilhante", disse.

Outro assunto abordado pelo professor foi sobre a questão de engatar duas partidas sem derrota. Ainda sem triunfar atuando fora de casa, Anjos enfatizou que essa questão não o preocupa, desde que o fator casa continue sendo concretizado. Dessa forma, a Alvinegra realiza a Série B sem sustos.

“Trabalho de acordo com o que o clube disponibiliza. Me encontro satisfeito e feliz com o desempenho. Temos um problema em ganhar fora? Então espero vencer todos dentro de casa e seguir empatando fora. Assim, poderemos comemorar algo ao final da temporada. O modelo e a identidade de um time de futebol não passa por um processo de sete ou oito jogos. Não podemos esquecer que o grupo foi reformado após o descenso no Paulistão”, justificou.

“Hoje, a característica da Ponte Preta é voltada à história centenária dessa equipe. Muita intensidade e agressividade tanto com quanto principalmente sem a posse de bola. O plantel busca uma afirmação. A torcida vem se desgastando bastante, a reestruturação não acontece da noite para o dia. Faço questão de frisar que todos estão decididos e reitero que estou contente”, adicionou.

Situação na tabela

Com a igualdade no Dérbi-203, a Ponte Preta está na 10ª posição na classificação geral. São oito pontos até aqui, sendo duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

A reapresentação aconteceu na tarde de ontem no CT do Jardim Eulina. Hélio dos Anjos terá ao todo quatro atividades para o próximo confronto, contra o Novorizontino, na sexta-feira (13), às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por