Publicado 13 de Janeiro de 2022 - 10h20

Por Lucas Rossafa / Correio Popular

Aos 24 anos, Yago chega ao Brinco de Ouro da Princesa com a missão de substituir o atacante Bruno Sávio

Athletico-PR

Aos 24 anos, Yago chega ao Brinco de Ouro da Princesa com a missão de substituir o atacante Bruno Sávio

O Conselho de Administração do Guarani oficializou a contratação de Yago para próxima temporada.

O atacante foi repassado pelo Athletico-PR, dono dos direitos econômicos, por empréstimo ao Bugre até o encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022.

O ponta direita desembarcou em Campinas no dia 02 de janeiro e, desde então, foi submetido aos exames clínicos e médicos e já deu início aos treinamentos na pré-temporada sob comando de Daniel Paulista.

O anúncio, entretanto, atrasou por conta de entraves burocráticos.

Com acordo costurado antes mesmo do Natal, Yago é revelado nas categorias de base do Furacão e ainda soma passagens no futebol brasileiro por Juventude, Ituano e Cuiabá.

Ele também teve experiência internacional ao vestir a camisa de Paços de Ferreira (POR) e Lobos BUAP (MEX).

Aos 24 anos, o jogador chega ao Brinco de Ouro da Princesa com a missão de substituir Bruno Sávio, anunciado como reforço do Bolívar (BOL), integrante da pré-Libertadores.

Trata-se, portanto, do sétimo nome confirmado pela diretoria para encorpar o elenco neste ano.

Antes de Yago, o Guarani havia fechado as contratações do goleiro Maurício Kozlinski, dos beques Derlan, Ernando e João Victor e dos volantes Madison e Silas, além de cinco renovações: Rafael Martins, Diogo Mateus, Ronaldo Alves, Eduardo Person e Índio - todos com acordo até o fim de 2022.

“Estou muito feliz em vestir esse manto sagrado. Espero fazer grandes partidas para dar muitas alegrias ao torcedor e poder ajudar o clube”, disse o atacante, em entrevista ao site oficial.

Deu para trás!

O Guarani, por outro lado, desistiu da contratação de Matheus Oliveira. O Bugre não avançou na negociação por conta da alta rejeição da torcida ao meio-campista e recuou na assinatura de um contrato em definitivo até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022.

O atleta de 24 anos ficou marcado pelos bugrinos após provocação em março de 2019, quando defendia a rival Ponte Preta.

Empolgado pela vitória no Dérbi 193 por 3 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, vestiu a máscara de macaco e afirmou estar 'tudo normal em Campinas' em um vídeo.

A repercussão da possibilidade de acerto foi altamente negativa nas redes sociais entre os alviverdes no último domingo. O presidente Ricardo Miguel Moisés e Michel Alves, superintendente executivo de futebol, receberam o material de provocação e ponderaram a transferência.

Matheus defendeu o próprio Guarani na Série B do Campeonato Brasileiro de 2018, sob comando de Umberto Louzer, com dois gols marcados e três assistências em 22 jogos.

De férias em Santos, ele é agenciado por Márcio Bittencourt, empresário de bom relacionamento com a diretoria, o insuficiente, porém, para fechar a transferência.

Adeus!

O Guarani encerrou participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior nessa quarta-feira à tarde com eliminação diante do Votuporanguense, nas cobranças de pênalti por 5 a 3, após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar.

Matheus Souza e Caio Henrique anotaram ao Bugre na Arena Plínio Marin, em Votuporanga, enquanto João Pedro e Matheus Reis foram à rede pela Pantera Alvinegra.

Gabriel Martins, volante do Alviverde, foi o único a desperdiçar a batida, ficando na defesa do goleiro Felipe Gustavo. Frio e calculista, o time da casa, por outro lado, foi perfeito e converteu todos os cinco chutes.

Eliminado de forma precoce após alcançar as quartas de final no Campeonato Paulista Sub-20, o Guarani retorna para Campinas com quatro jogos disputados e invicto: uma vitória e três igualdades.

Escrito por:

Lucas Rossafa / Correio Popular