Publicado 13 de Novembro de 2021 - 18h07

Por Lucas Rossafa/ Correio Popular

Com o resultado, o Bugre salta para os 59 pontos, enquanto o Leão da Ilha permanece com 58.

Thomaz Marostegan/Guarani FC

Com o resultado, o Bugre salta para os 59 pontos, enquanto o Leão da Ilha permanece com 58.

O Guarani entrou definitivamente na briga pelo acesso ao vencer o Avaí, nesse sábado à tarde, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo placar de 4 a 0, em duelo válido pela 36ª rodada na Série B do Campeonato Brasileiro.

Os gols do Bugre saíram com os atacantes Júlio César, Bruno Sávio e Lucão do Break (2).

Com resultado positivo, Alviverde emplaca quinto jogo de invencibilidade e assume, provisoriamente, a terceira colocação com 59 pontos.

O jogo

Sem troca na escalação, Daniel Paulista apostou no entrosamento coletiva para desafiar o Avaí. O desempenho nos minutos iniciais, entretanto, ficou abaixo do esperado.

Por se tratar de confronto direto na briga pelo G4, confronto foi pautado por disputa de bola e espaço, nervosismo, intensidade e pouca inspiração para criar jogadas.

Superior na posse de bola, Bugre, depois de chegar perto em chute de Régis de fora distância, abriu o placar aos 23 minutos com Júlio César.

Após lançamento de Bruno Silva do setor defensivo e desvio determinante de Lucão do Break de cabeça, atacante escapou em velocidade e tocou na saída de Glédson, explodindo o Brinco de Ouro.

Mais à vontade pela vantagem no placar, Bugre jogou o Avaí contra as cordas e precisou de só uma oportunidade para anotar o segundo.

Aos 31 minutos, desarmou o adversário no meio-campo e disparou em contra-ataque: Régis, com drible desconcertante, deixou Betão no chão e serviu Bruno Sávio, livre de marcação. Em lance de plástica, atacante, com tranquilidade fez valer a Lei do Ex e, de cobertura, ampliou antes de ser substituído com incômodo muscular na coxa.

Bem organizado e também concentrado, o Guarani não deu brechas ao Avaí, com apenas uma finalização (para fora) antes do intervalo.

Em campo, o Bugre mostrou organização defensiva, e desempenho perfeito no ataque: foram dois arremates e dois gols.

Na etapa final, o Alviverde manteve domínio e ampliou com Lucão do Break, em lance de insistência para vencer disputa pelo alto com o goleiro e testar para o gol.

O rival catarinense, por sua vez, acordou e buscou reduzir a desvantagem, criando boas chances com Copete e Jonathan, em boa defesa de Rafael Martins.

Com contra-ataque à disposição, Lucão do Break fechou o caixão do Avaí após bela trama com Júlio César.

O que vem por aí?

Com nove dias de preparação, o Guarani volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro em 22 de novembro, segunda-feira, diante do Goiás, em confronto direto pelo acesso, novamente no Brinco de Ouro da Princesa, às 20h.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 4 x 0 AVAÍ

GUARANI

Rafael Martins; Mateus Ludke (Samuel Santos), Thales, Ronaldo Alves (Carlão) e Bidu; Bruno Silva, Índio e Régis (Andrigo); Bruno Sávio (Pablo), Júlio César e Lucão do Break (Maxwell).

Técnico: Daniel Paulista

AVAÍ

Glédson; Edílson, Fagner Alemão, Betão e João Lucas; Bruno Silva, Lourenço (Wesley Soares) e Jean Cléber (Jadson); Copete (Valdívia), Vinícius Leite (Rômulo) e Getúlio (Jonathan). Técnico: Claudinei Oliveira

Gols: Júlio César (23’/1T), Bruno Sávio (31’/1T) e Lucão do Break (10’/2T e 27’/2T)

Público pagante: 7.487

Renda bruta: 139.850,00

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Escrito por:

Lucas Rossafa/ Correio Popular