Publicado 09 de Outubro de 2021 - 18h48

Por Lucas Rossafa/ Correio Popular

Guarani dá show na volta dos torcedores ao Brinco de Ouro

Rogério Capela/Especial para Guarani FC

Guarani dá show na volta dos torcedores ao Brinco de Ouro

O Guarani manteve vivo o sonho do acesso na Série B do Campeonato Brasileiro ao despachar o Londrina pelo placar de 3 a 0, ontem à tarde, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

No retorno do público às arquibancadas após um ano e sete meses, o Bugre foi à rede com Júnior Todinho, Bruno Sávio, de pênalti, e Pablo, todos no segundo tempo.

Com o fim do jejum de três rodadas e enfim reabilitado, o Alviverde salta a 45 pontos e encurta distância para três em relação ao Goiás, primeiro integrante do G4.

O jogo

Daniel Paulista decidiu escalar o Guarani com quatro novidade no time titular, sendo três na primeira linha, para desafiar o Londrina.

Apesar dos diversos testes promovidos ao longo da semana, o treinador não conseguiu ver em campo um futebol envolvente e propositivo do Bugre.

Com sistema ofensivo facilmente marcado e baixíssimo poder de criação, o Bugre pouco levou perigo ao gol defendido por Dalton e teve poucas chances claras de inaugurar o marcador.

As melhores oportunidades saíram dos pés de Régis e Bruno Sávio, exigindo boas defesas do arqueiro paranaense, o nome mais decisivo antes do intervalo.

Não faltou disputa de bola e também por espaço, transformando o espetáculo em um duelo bem pegado e pouco técnico.

O Londrina, por sua vez, gastou mais da metade do primeiro tempo para se defender e ofereceu poucos espaços ao Guarani, sempre com disciplina quanto à marcação.

Os comandados de Márcio Fernandes equilibraram as ações depois de leve domínio campineiro e tiveram a melhor chance de ir à rede com Zeca, cara a cara com Rafael Martins.

Sem modificações, o Guarani retornou ao intervalo e superior. Depois de martelar, o placar foi inaugurado com Júnior Todinho, aos dez minutos do segundo tempo.

Bem posicionado como típico centroavante, camisa 93 completou toque de cabeça de Diogo Mateus e fez o Brinco de Ouro explodir na volta do público.

Em vantagem, o Bugre, com poucos sustos sofridos no sistema defensivo, conseguiu administrar o resultado e buscou algumas estocadas pelas beiradas para tentar ampliar.

Limitado tecnicamente, o Londrina teve a melhor oportunidade aos 21 com Marcelo, cujo chute foi espalmado por Rafael Martins.

Quase nos acréscimos, Bruno Sávio fechou o caixão londrinense ao converter cobrança de pênalti, sofrido por Allan Victor, e decretou o reencontro do Guarani com as vitórias ao lado do torcedor na Taba. No último lance, Pablo fez o terceiro em contra-ataque e ampliou a festa.

O que vem por aí..

Com nova semana livre, o Guarani volta a campo na próxima sexta-feira, 15 de outubro, em confronto direto diante do CRB, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, a partir das 19h. Na viagem à capital alagoana,

Bugre tem o desfalque certo do volante Rodrigo Andrade, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é de que Índio seja o substituto natural junto de Bruno Silva e Régis.

FICHA TÉCNICA: GUARANI 3 x 0 LONDRINA

Guarani: Rafael Martins; Diogo Mateus, Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva (Tony), Rodrigo Andrade e Régis (Andrigo); Júlio César (Allan Victor), Bruno Sávio (Pablo) e Júnior Todinho (Índio). Técnico: Daniel Paulista

Londrina: Dalton; Matheus Bianqui, Marcondes, Saimon e Eltinho; João Paulo, Tárik (Gegê), Marcelo Freitas (Mossoró); Roberto (Luiz Henrique), Zeca (Gabriel Ramos) e Marcelinho. Técnico: Márcio Fernandes

Gols: Júnior Todinho (10’/2T), Bruno Sávio (43’/2T) e Pablo (46’/2T)

Cartões amarelos: Bruno Silva, Diogo Mateus e Rodrigo Andrade (GUA) | Marcelo Freitas, Saimon e Zeca (LON)

Público: 1.307 pagantes

Renda bruta: R$ 31.210,00

Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Escrito por:

Lucas Rossafa/ Correio Popular