Publicado 10 de Agosto de 2021 - 10h27

Por Do Correio Popular

Régis será o principal desfalque do Guarani para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B.

Thomaz Marostegan/Guarani FC

Régis será o principal desfalque do Guarani para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Guarani inicia, nesta terça-feira à noite, uma série de três jogos decisivos no encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B.

O jogo das 19h, no Estádio da Ressacada, contra o Avaí é o primeiro com equipes que lutam por uma vaga no G4, principal prioridade do Bugre na temporada.

Na próxima sexta-feira, o Bugre tem outro difícil compromisso contra o Goiás, também fora de casa e no mesmo horário, além de encerrar o turno no dia 18, quarta-feira da próxima semana, ante o Botafogo, no Brinco de Ouro da Princesa.

O problema para o treinador Daniel Paulista é que, além de perder Davó, negociado com o Philadelphia Union, dos Estados Unidos, o número de desfalques por ordem médico segue alto.

O primeiro deles foi o atacante Júlio César, intocável no setor esquerdo. Na semana passada, o volante Rodrigo Andrade e o meio-campista Régis, principal jogador do time por ser o artilheiro com sete gols e cinco assistências.

Aliás, o armador será carta fora do baralho do Guarani pelas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. O jogador foi diagnosticado com lesão de grau 2 no músculo da panturrilha esquerda, cujo grau é considerado de nível médio – ou seja, a recuperação prevista gira em torno de quatro semanas.

A contusão do atleta foi registrada no segundo tempo da goleada sofrida diante do Vila Nova por 4 a 1. Essa é, inclusive, a primeira lesão de Régis desde sua chegada ao Brinco de Ouro.

Anunciado como reforço no começo de março, o meio-campista de 28 anos, não havia perdido nenhum compromisso na temporada por questão clínica - antes só foi poupado por questões pontuais.

Ciente dos problemas, Daniel Paulista intensificou os treinamentos e garante que todos estão preparados para jogar. “Confio em todos do grupo. A oportunidade aparece. Eles têm aproveitado. Aqui não existe titular ou reserva. Existe um elenco unido e com mentalidade positiva e vencedora”, disse o comandante.

Entre os três, Júlio César é o mais próximo de voltar, pois participou dos últimos treinamentos, mas ainda não fica à disposição para encarar o Avaí.

O camisa 94 ficou em Campinas, assim como Júnior Todinho, companheiro de posição, para aprimorar condicionamento físico e deve estar com condições mínimas de ir a campo a partir da semana que vem.

Novidade na lista de relacionados do Guarani para medir forças com o Avaí é Carlão. Fora de combate desde o início de julho por lesão na panturrilha esquerda, zagueiro viajou com a delegação para Florianópolis e fica no banco de reservas pela primeira vez desde então - os titulares no miolo de zaga serão Thales e Ronaldo Alves.

Com a presença do veterano, Paulista optou por cortar Titi, cria das categorias de base e com 18 anos. O jovem ficou em Campinas para ser opção de Alexandre Penna na segunda rodada do Campeonato Paulista Sub-20, agendado para quinta-feira, contra o Desportivo Brasil, em casa.

Caso nenhum imprevisto de última hora aconteça, Daniel vai colocar em campo o mesmo time que venceu o Brasil de Pelotas, na sexta-feira, com Índio e Andrigo no meio-campo e Lucão do Break e Allan Victor como principais 'novidades' no sistema ofensivo.

Escrito por:

Do Correio Popular