Catar 2022

Brasil terá 7 árbitros na Copa do mundo, entre eles Neuza Inês Back

País tem número recorde de profissionais no Mundial. Serão dois juízes principais (Wilton Pereira e Raphael Claus) e cinco assistentes. Copa começa em 21 de novembro

Agência Brasil
19/05/2022 às 13:15.
Atualizado em 19/05/2022 às 16:15

Assistente é uma das seis mulheres que pela 1ª vez atuarão no Mundial (Leandro Lopes/ CBF)

A Fifa anunciou nesta quinta-feira (19) a lista de 129 árbitros que atuarão nas partidas da Copa do Mundo do Catar, sendo sete deles brasileiros. Pela primeira vez a entidade convoca mulheres para o Mundial masculino: serão ao todo seis e entre elas está a catarinense Neuza Inês Back, que atuará como auxiliar. Além de Neuza, o Brasil será representado pelos juízes principais Wilton Pereira e Raphael Claus, e quatro assistentes Bruno Pires, Bruno Boschilia, Danilo Manis, e Rodrigo Figueiredo.  

Wilton Pereira (foto) e Raphael Claus atuarão como juizes principais na Copa do Catar, com início em 21 de novembro - Cesar Greco/Palmeiras/Direitos Reservados

O número de profissionais do país é recorde na história da arbitragem brasileira. Ao lado da Argentina, o Brasil conta com o maior número de profissionais no Mundial.

"A confiança da FIFA nos dá muito orgulho e confiança para seguirmos trabalhando. Sabemos o tamanho da responsabilidade que nos foi entregue, mas estaremos prontos para atuar no mais alto nível possível, não só na Copa do Mundo, como em nossas competições", afirmou Wilson Seneme, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. 

Os árbitros escalados pela Fifa terão pela frente uma série de atividades preparatórias, cujo objetivo é padronizar a atuação dos profissionais. Entre elas, estão seminários, análise de vídeos e aulas práticas.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por