Publicado 29 de Junho de 2021 - 17h39

Por Lucas Rossafa/ Correio Popular


Diego Almeida/PontePress

"Eu acho que o importante é procurar definir os melhores para que a gente possa sair dessa situação".

Alarcon Pacheco, em entrevista coletiva, deu detalhes do planejamento feito pela Ponte Preta na montagem do elenco para disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Principal responsável pelas contratações nesta temporada, o executivo respondeu sobre diversos assuntos ligados ao Departamento de Futebol, os quais são trazidos - em tópicos - pelo Correio Popular.

Plantel

"Eu avalio as contratações de forma positiva. Eu acho que a gente acertou bastante nas contratações. É claro que podemos ter um resultado muito melhor do que o que foi apresentado até agora. Praticamente estamos inserindo os atletas no transcorrer da competição. Nós temos tido uma sequência muito dura entre viagens e jogos"

"Isso tem dificultado bastante até um pouco do entrosamento desses jogadores novos que chegaram, mas eu não tenho dúvida de que a gente vai colher bons frutos. Cada um que chegou tem buscado alcançar o seu espaço, trabalhando bastante e entrosando com os demais que aqui já estavam para que possamos fazer uma Ponte Preta forte e sair dessa situação".

Qualidade

"Eu acho que o importante é a gente ter o melhor. É procurar sempre definir os melhores que estão para aquele momento para que a gente possa sair dessa situação. Eu não tenho dúvida nenhuma de que a Ponte Preta vai sair dessa. Nós temos um grupo forte, um grupo trabalhador e uma comissão técnica trabalhadora"

"O pessoal aqui tem trabalhado e tem se dedicado bastante, diuturnamente, para que a gente possa, juntos, sair dessa situação. Nós temos certeza de que o mais breve possível a gente vai reverter em vitórias e dar um salto importante na tabela de classificação".

Yuri

"É um atleta que está em fase final de acerto para uma saída. Ele tem algumas situações sendo analisadas pelos seus representantes da sua carreira. A gente pode ter essa definição o mais breve possível".

Reforços

"A Ponte Preta tem espaço para isso e está buscando no mercado algumas peças que possamos detectar. Que sejam peças para vir e elevar o nosso nível técnico na competição".

João Vitor

"Nós tínhamos a intenção de continuar. Diga-se de passagem, foi ele, junto com o seu estafe, que solicitou o seu desligamento. A gente achava que, nesse momento, estava muito bem preparado para ter essa oportunidade. Sabíamos que o atleta precisa passar por um período de preparação e de treinamento, mas resolvemos, naquele momento, atender à solicitação"

"Futebol é muito dinâmico. Às vezes, não dá certo aqui e dá certo em outro local. Às vezes, não dá certo em outro local e dá certo aqui. Infelizmente, teve poucas oportunidades conosco. A gente torce para que ele, por ser um bom profissional, possa ser feliz nesse novo desafio".

Lucas Cândido

"Foi um atleta que realmente chegou e fez um trabalho físico de melhoria das suas valências físicas, para que possa atuar sem nenhum tipo de dificuldade e nenhum tipo de risco. Temos certeza de que, em breve, vai estar disponível para o professor Gilson para qualificar ainda mais a nossa equipe” concluiu Alarcon Pacheco

Tabela

Na lanterna com três pontos, Ponte Preta, em busca da primeira vitória, volta a campo pela Série B nesta quarta-feira, diante do CSA, no Estádio Moisés Lucarelli, às 16h30. Para este confronto, Gilson Kleina não tem à disposição o volante Vini Locatelli, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. As principais alternativas de reposição são Marcos Júnior, ou André Luiz, recém-contratado por empréstimo.

Escrito por:

Lucas Rossafa/ Correio Popular