Publicado 01 de Junho de 2021 - 11h02

Por Lucas Rossafa/Correio Popular

Lucão do Break vai compor o banco de reservas, mas deve ser aproveitado durante a partida desta terça-feira

Thomaz Marostegan/Guarani FC

Lucão do Break vai compor o banco de reservas, mas deve ser aproveitado durante a partida desta terça-feira

O Guarani escreve mais um capítulo na Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça-feira à noite, contra o Operário, a partir das 19h, em duelo válido pela segunda rodada. O jogo será disputado no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pelo fato de o gramado do Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, estar em reforma..

Com apenas três sessões de treinamento à disposição, Daniel Paulista, após empate diante do Vitória na estreia, deve promover apenas uma modificação no time titular.

Após não enfrentar o Leão, dono dos direitos econômicos do atleta, Rodrigo Andrade reassume titularidade na vaga de Índio, tão contestado e de volta ao banco de reservas, e faz trio no meio-campo com Bruno Silva e Andrigo.

Embora regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) e relacionado para viagem ao Sul, Lucão do Break fica como opção no banco de reservas e deve ganhar minutagem no decorrer do confronto - Bruno Sávio, Davó e Júlio César formam sistema ofensivo mais uma vez.

A linha defensiva, composta por Pablo, Thales, Carlão e Bidu, também não deve sofrer alteração.

Em paralelo à disputa da Série B, o Conselho de Administração foca na busca por mais contratações para encorar o elenco. A expectativa é de que o Bugre possa anunciar um lateral-direito, dois zagueiros, um volante - se houver boa oportunidade de mercado - e um atacante pelas beiradas.

Expectativa

Oficializado como reforço, Lucão do Break revelou estar ansioso para estrear oficialmente pelo Guarani.

Integrado ao elenco nos treinamentos, o centroavante pode ser acionado pelo Bugre contra o Operário, caso, de fato, seja confirmado entre os suplentes.

"Eu respiro futebol. Eu amo jogar futebol. É a coisa mais maravilhosa que eu tenho na minha vida. Vestir a camisa do Guarani que é um clube campeão brasileiro e um clube de uma torcida apaixonada. Eu que também sou um amante do futebol me cobro muito e penso muito nisso. Estou aqui para entregar o melhor de mim. Espero ser a melhor versão do Lucão do Break aqui no Guarani, superar todos os momentos e circunstâncias que eu tive na minha vida. Quero deixar o melhor aqui", prometeu, em coletiva de imprensa virtual no domingo.

"Quero poder estar contribuindo ali dentro de campo e da melhor forma que eu puder. Eu estou muito ansioso, cara. É aquele frio na barriga com vontade de jogar e aquela ansiedade. Se pudesse logo pular esses capítulos até a estreia, era maravilhoso, mas como o futebol é assim a gente tem que ir devagarinho.”

Rival

Semifinalista no Campeonato Paranaense, o Operário desafia o Guarani três dias depois da principal atuação coletiva na primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Indigesto, o Fantasma assombrou o Vasco, em pleno São Januário, no último sábado, e venceu pelo placar de 2 a 0, com gols de Leandrinho e Ricardo Bueno.

Caso nenhum imprevisto de última hora aconteça, Matheus Costa vai manter o time titular e não realizar nenhuma troca entre os 11.

O treinador, entretanto, tem três desfalques confirmados para encarar o time campineiro. Os zagueiros Rafael Bonfim - lesão no joelho direito - e Fábio Alemão, recém-recuperado da Covid-19, não ficam à disposição, e o meio campo Pedro Ken se recupera de lesão muscular na coxa direita.

Escrito por:

Lucas Rossafa/Correio Popular