Publicado 26 de Maio de 2021 - 11h48

Por Thais H Bento/Correio Popular

O jogador disputou a Série B 2020 pelo Vitória-BA e vai permanecer na Ponte Preta até o fim da temporada

Bruno Cantini/Atlético MG

O jogador disputou a Série B 2020 pelo Vitória-BA e vai permanecer na Ponte Preta até o fim da temporada

A Ponte Preta oficializou a contratação do volante Lucas Cândido nesta terça-feira (25), o terceiro reforço anunciado oficialmente pelo clube para compor o elenco para a Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador disputou a última edição do campeonato pelo Vitória-BA e vai assinar contrato com a macaca até o fim da competição. Ele chegou em Campinas ontem e vai passar por bateria de exames clínicos e físicos.

Lucas é natural de Uberlândia, tem 27 anos e iniciou a carreira nas categorias de base do Atlético-MG. Na mesma equipe, seguiu no profissional entre 2013 e 2019 e até participou do título da Libertadores (em 2013). No Vitória disputou 47 jogos e marcou dois gols.

Enquanto isso, ainda não há oficialização de contrato do novo treinador. A ideia do clube é anunciar até esta quarta-feira (26) para que o técnico tenha tempo de trabalhar com o elenco e ser registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF para já estrear na primeira partida.

A Ponte Preta vai iniciar o caminho na Série B no próximo domingo, dia 30, contra o Brusque às 11h. O jogo será em Santa Catarina, no estádio Augusto Bauer.

Os possíveis nomes para o comando técnico da equipe campineira são Zé Ricardo e Eduardo Barroca. O segundo está mais perto de acertar com o clube, pois conhece e já trabalhou junto com Alarcon Pacheco, executivo de futebol da Ponte Preta. Barroca está sem clube desde a demissão do Botafogo-RJ em fevereiro.

 

Saída

A Ponte Preta rescindiu o contrato com Bruno Michel e o atacante já não faz mais parte do elenco profissional. Ele irá defender o Botafogo de Ribeirão Preto no Campeonato Brasileiro da Série C, após rebaixamento do clube na edição 2020.

Bruno tem 21 anos, chegou em Campinas em fevereiro, mas não se destacou no time. Ele disputou ao todo 11 jogos e não marcou nenhum gol. Todas as participações foram após mudanças no jogo, saindo do banco de reservas.

A Ponte já oficializou três reforços e o mesmo número de saídas. Além de Bruno, o zagueiro Luizão e o volante Barreto também rescindiram o vínculo e deixaram o clube. O lateral esquerdo Yuri deve ser liberado em breve, mas como o contrato segue até o final do ano e nenhum acordo foi feito, o jogador ainda treina com a equipe.

 

Chegada

O atacante Richard, ex-Botafogo-SP e com contrato de empréstimo do Internacional para a Ponte Preta, conversou com a imprensa nessa terça-feira e foi o primeiro reforço e conceder entrevista. Um dos assuntos foi o número de gols marcado na carreira. O jogador de 21 anos não balançou as redes em oito jogos que defendeu o Botafogo. Em Portugal foram quatro gols em quase dois anos, mas no Inter atuou melhor.

"Quando eu estava na base, fazia mais gols, estava mais perto do gol. Agora, nos clubes que eu estava, ajudava mais a recompor, atrás também. Na Europa, o estilo de jogo é muito tático. Às vezes você defende mais do que ataca, mas aqui no Brasil de novo estou conseguindo me adaptar e construir mais jogadas, estou construindo mais jogadas do que fazendo gols. Mas tenho certeza de que, aqui na Ponte Preta, vou conseguir dar mais poder ofensivo e poder fazer muitos gols", disse.

O atleta é atacante e também comentou como prefere atuar dentro das quatro linhas: "Eu estava no exterior, jogava de falso nove, de meio campo e pelos lados. A minha preferência é pelos lados, mas onde precisar eu vou estar à disposição para ajudar e fazer o meu melhor."

A última vez que Richard disputou a Série B foi em 2019, quando estava no Vila Nova, e ele afirmou que vai lutar para ajudar a Ponte a conseguir o acesso à Série A. "Faz tempo que não jogo uma Série B, mas tenho certeza de que vou ajudar muito. Série B neste ano vai estar muito difícil, mas a gente tem grandes possibilidades de subir e lutar lá em cima. Estou muito feliz e quero ajudar a Ponte a conquistar seus objetivos", afirmou.

Escrito por:

Thais H Bento/Correio Popular