Publicado 25 de Maio de 2021 - 11h19

Por Lucas Rossafa/Correio Popular

Daniel Paulista começou a carreira fora das quatro linhas em 2014, como auxiliar do Sport, e ganhou prestígio

Thomaz Marostegan/Guarani FC

Daniel Paulista começou a carreira fora das quatro linhas em 2014, como auxiliar do Sport, e ganhou prestígio

O Guarani oficializou, no último domingo à tarde, Daniel Paulista como novo treinador para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Escolhido como substituto de Allan Aal, o ex-volante acertou bases salariais junto ao Bugre e assina contrato até o final da temporada. O comandante desembarcou no Brinco de Ouro da Princesa nesta segunda-feira, quando foi apresentado oficialmente à imprensa ao lado de Michel Alves, superintendente executivo de futebol, e dirigiu, no período da tarde, o primeiro treinamento junto ao elenco de olho na estreia na segunda divisão nacional.

O profissional encerrou a carreira como atleta em 2014, quando iniciou trabalho como auxiliar no Sport, onde possui alto prestígio. Além de dirigir o Leão da Ilha, o paulista trabalhou no Boa Esporte e Confiança, de onde foi demitido no início do mês de maio após série de eliminações.

Daniel entrou para história do time sergipano por alcançar acesso à Série B depois de 28 temporadas, porém, não conquistou nenhum título durante a estada em Aracaju. Ele terá quatro sessões de trabalho nesta semana até enfrentar o Vitória, na sexta-feira, em Campinas, às 19h.

O novo técnico tem a missão de discutir em conjunto com o presidente Ricardo Moisés e com o Departamento de Futebol o processo de remontagem do grupo - até agora, apenas o zagueiro Carlão, ex-Mirassol, foi anunciado como reforço.

 

Doente

Daniel Paulista ficou internado em um hospital de Ribeirão Preto antes de ser anunciado como comandante do Guarani. Depois dos primeiros contatos do Conselho de Administração antes do final de semana diante do insucesso por Léo Condé e Jorginho, o ex-volante sentiu-se mal no último sábado à tarde e sofreu mal estar por conta de pedras nos rins - a alta só aconteceu no domingo.

Com estado de saúde estável e praticamente recuperado das dores, Daniel definiu os últimos detalhes junto ao Bugre durante o período da manhã até ser confirmado, de forma oficial.

 

Só assinar

O Guarani também acertou ontem a contratação de Lucão para a disputa da Série B. A informação é do Correio Popular. O centroavante recusou proposta de renovação do CRB, com o qual tem contrato até 31 de maio, e deu feedback positivo para acertar com o Bugre até o final desta temporada - o anúncio oficial, porém, ainda não foi feito.

A aprovação da oferta do Alviverde, inclusive com salário inferior aos tempos de Maceió, foi comunicada ao estafe, responsável por intermediar a negociação. Ainda não há uma data definida para desembarcar no Brinco de Ouro, haja vista necessitar da liberação com o Galo, com o qual tem valores a receber.

A posição de camisa 9 é uma das principais carências e prioridades no elenco do Bugre. Aos 29 anos, Lucão soma 33 jogos e 12 gols marcados em dois anos pelo CRB. Ele é revelado pelo Porto Alegre e contabiliza passagens por Shonan Bellmare (JAP), Portimonense (POR), Sergipe, Mogi Mirim, Caxias, Resende, São Bento, Goiás, América-RN, Criciúma, Goiás e Fluminense. A carreira ainda contempla trabalhos em Luverdense, Zimbru (ROM), Cruzeiro-RS e Kuwait SC.

Para a função de camisa 9, o Guarani tem à disposição Rafael Costa, com pouca minutagem sob gestão de Allan Aal, além das improvisações de Bruno Sávio, Davó e até Matheus Souza, nos tempos de Felipe Conceição no ano passado.

 

Fechado

Uma semana após rescisão contratual junto ao Guarani, Allan Aal foi confirmado como novo treinador do CRB para disputa da Série B. O técnico substitui Roberto Fernandes, demitido do Galo após vice do Campeonato Alagoano.

O profissional foi responsável por levar o Alviverde às quartas de final do Campeonato Paulista e amargou eliminação diante do Mirassol. 

Escrito por:

Lucas Rossafa/Correio Popular