PROGRAME-SE

Sambas e crônicas de Adoniran Barbosa inspiram show em Campinas

Espetáculo que está na programação de domingo da Flic@ une música e literatura, trazendo ao palco cenas cotidianas

Aline Guevara/ [email protected]
18/11/2023 às 19:43.
Atualizado em 18/11/2023 às 19:43
Carlinhos Campos, Eduardo Pereira, Rafael Thomaz, Gabriel Pelegrino, Guga Costa e Adriano Rosa (da esq. para a dir.) em um momento de descontração após o processo de criação das músicas (Clayton Roma)

Carlinhos Campos, Eduardo Pereira, Rafael Thomaz, Gabriel Pelegrino, Guga Costa e Adriano Rosa (da esq. para a dir.) em um momento de descontração após o processo de criação das músicas (Clayton Roma)

"Ao observarmos a obra do Adoniran Barbosa, identificamos essa narrativa cotidiana das cenas que ele conta em suas músicas e a forma como ele trata com uma linguagem popular as tragédias e as comédias cotidianas de cada um", explica o compositor Carlinhos Campos sobre a criação do show que será apresentado gratuitamente neste domingo, 19, às 14h, na Estação Cultura durante o 1º Festival Literário de Campinas (Flic@). Segundo ele, Adoniran tinha uma forma muito peculiar de narrar cenas tristes, num viés engraçado, e isso foi parte do que o inspirou junto de seu colega, o também compositor Adriano Rosa, a criar o espetáculo "Sambas de Liquidificador".

O show inédito de 1 hora de duração celebra este "samba do cronista urbano, que tem em Adoniran seu maior representante". Carlinhos e Adriano se reuniram para compor músicas nesta ambiência. "Elegemos como uma forma de compor que cada samba tivesse uma figura feminina envolvida em uma cena cotidiana que geraria uma história a ser narrada". São 10 canções e seus temas tratam de situações comuns à vida do trabalhador e sua relação com itens do cotidiano (de ontem e de hoje): o rádio, a válvula, a geladeira e o chuveiro elétrico, por exemplo. Para a apresentação, a dupla se une a Eduardo Pereira (direção musical, arranjos e cordas), Gabriel Peregrino (percussões), Maurício Guil (sete cordas), Edu Guimarães (sanfona) e Guga Costa (vocais).

A dupla também ministrou de sexta-feira uma oficina na Flic@ para falar sobre o processo criativo. "Queremos instigar nas pessoas essa observação da sua própria cena cotidiana, o seu ambiente, que aproveitem as suas histórias", diz Carlinhos.

Além das músicas, ele e Adriano escreveram crônicas relacionadas a cada composição que serão narradas em formato de podcast nas plataformas de áudio digital a partir do dia 22 de novembro. Também neste dia, as 10 músicas de "Sambas de Liquidificador" ficarão disponíveis nas plataformas.

PROGRAME-SE

Show "Sambas de Liquidificador"

Quando: domingo, 19/11, às 14h

Onde: Estação Cultura - Praça Mal. Floriano Peixoto, Centro

Entrada gratuita

Informações: Instagram @sambasdeliquidificador

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por