Entre risos e adrenalina

Principais estreias da semana no cinema são comédia nacional e ação hollywoodiana

Fábio Porchat e Dani Calabresa comandando a comédia "O Palestrante" e Brad Pitt e Sandra Bullock protagonizam o blockbuster "Trem-Bala"

Aline Guevara
04/08/2022 às 14:23.
Atualizado em 04/08/2022 às 14:37

Comédia nacional "O Palestrante", que une dois dos principais nomes do cenário do humor brasileiro (Divulgaçao)

Os cinemas devem dividir o público nos próximos dias entre fãs dos comediantes Fábio Porchat e Dani Calabresa e aqueles que preferem a produção de ação hollywoodiana. Afinal, chegam nesta quinta-feira aos cinemas a comédia nacional "O Palestrante", que une dois dos principais nomes do cenário do humor brasileiro, e o blockbuster "Trem-Bala", longa-metragem repleto de adrenalina protagonizado por Brad Pitt e Sandra Bullock.

Humor nacional

A ideia para o roteiro de "O Palestrante" surgiu de Fábio Porchat, que é corroterista da produção ao lado de Claudia Jouvin e também protagonista do filme. A história acompanha o contador Guilherme, um homem sem perspectivas que depois de uma demissão, tomado por um impulso, assume a identidade de outra pessoa que ele descobre ser um palestrante contratado para motivar os funcionários da empresa de Denise (Dani Calabresa). Para manter o papel, ele se envolverá em muitas trapalhadas e confusões.

Apesar de os dois comediantes serem bastante relevantes para a comédia brasileira atual, é a primeira vez que Porchat e Calabresa trabalham lado a lado na frente das câmeras de um filme. A dupla, que vive um par romântico no filme, tem uma amizade que dura mais de 15 anos e busca levar essa sintonia para as telas. Além do casal, a produção ainda reúne no elenco atores e humoristas como Antonio Tabet (do canal "Porta dos Fundos"), Otávio Muller, Paulo Vieira, Rodrigo Pandolfo, Leticia Lima e Maria Clara Gueiros. A direção é de Marcelo Antunez (de "Até Que a Sorte Nos Separe 3").

Ação estrelada

Por outro lado, quem prefere a adrenalina pode escolher uma sessão de "Trem-Bala". A produção chama a atenção pelo elenco estelar encabeçado por Brad Pitt, no auge de seus 58 anos, fazendo elaboradas cenas de lutas. Também brilham na produção Sandra Bullock, Brian Tyree Henry (de "Eternos"), Joey King ("A Barraca do Beijo"), Aaron Taylor-Johnson ("Vingadores: Era de Ultron"), Michael Shannon ("Foi Apenas um Sonho"), e o cantor Bad Bunny. O filme ainda guarda participações especiais surpresas. 

O roteiro de Zak Olkewicz (que escreveu "Rua do Medo: 1978") é baseado no livro homônimo de Kotaro Isaka e traz o assassino de aluguel cinquentão e azarado, conhecido apenas pelo codinome Joaninha, tentando "apenas fazer o seu trabalho tranquilamente". Quando as coisas saem do controle, ele acaba se deparando com 11 assassinos letais dentro do trem-bala que dá nome ao filme e está cruzando o Japão. 

É deste misto de ação desgovernada com humor ácido que o filme se desenrola sob a direção de David Leitch, cineasta que tem bastante experiência no gênero. Responsável por "Deadpool 2", "Atômica", "Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw", ele é mais aclamado por ter feito o primeiro longa da série "John Wick", com Keanu Reeves, que redefiniu o cinema de ação dos últimos anos. Neste, que é seu mais ambicioso projeto, o diretor utiliza o charme e carisma do seu elenco, o grande orçamento e o roteiro inspirado em um best-seller literário para criar um filme de impacto. Caso vá bem nas bilheterias, "Trem-Bala" - que já dá indícios de uma sequência ao ter uma cena pós-créditos - pode dar início a uma nova franquia de ação nos cinemas.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por