cultura japonesa

Campinas recebe mais uma 'Otaku Edition' na sexta-feira

Quinta edição da festa atrai fãs de animes e mangás de toda a região

Aline Guevara
09/06/2022 às 09:37.
Atualizado em 09/06/2022 às 09:37

A modelo Angelica Junia da Silva, que não poupa esforços para se fantasiar de seus personagens preferidos: animação também não falta nas festas temáticas (Nozumi)

Foi-se o tempo em que os amantes de cultura japonesa e animes, ou simplesmente os “otakus”, passavam o tempo livre somente na frente da televisão, do videogame e dos mangás (quadrinhos japoneses). Este público, em Campinas, comprova que é possível unir a paixão com a vontade de festejar com os amigos. A cidade é casa da “Otaku Edition”, evento que reúne balada, concurso de cosplays e muita música temática no repertório de DJ. A quinta edição da festa acontece na sexta-feira (10), a partir das 22h, no Woodstock Bar.

Para o organizador de eventos Lucas Isnfran Caramuru Rodrigues, mais conhecido entre os amigos por Tokage (a palavra é a tradução para o japonês de “Lagarto”, seu apelido na adolescência), isso é reflexo da popularização dos animes, que atualmente “estão nas plataformas de streamings, muito mais fácil de assistir e de atingir pessoas diferentes. Não é mais uma minoria que sofre preconceitos”. Ele, que é responsável pela “Otaku Edition” e DJ da festa, começou a organizar o evento com a proposta de ser uma reunião entre os amigos que compartilhavam das mesmas paixões. Mas quando teve a oportunidade de fazer uma edição aberta ao público, ficou surpreso com a quantidade de interessados em participar. “Nas últimas festas recebemos entre 150 e 160 pessoas, mas a previsão é que nesta próxima edição o número seja ainda maior. Há pessoas de outras cidades da região vindo para participar”. 

A ideia da festa é atingir um público adulto, de 18 a 30 anos, que é apaixonado por animes e que frequentava eventos temáticos, mas que não encontrava mais espaços do tipo para confraternizar. “Durante esse tempo da pandemia não tivemos mais eventos”, lembra Tokage, ao comentar sobre o impacto saudosista da falta desses encontros para o público otaku. “Tinha muita gente com os cosplays (as fantasias de personagens) guardadas no armário. E agora na Otaku Edition será possível usar”, sugere.

Música, tatuagem e fantasias

O objetivo da festa é reunir elementos ligados às paixões otakus. Como uma balada que se preze, a “Otaku Edition” tem o seu DJ, mas as músicas tocadas por Tokage são trilhas de animes clássicos e famosos entre o público. “Tocamos desde aberturas de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco até a trilha de Demon Slayer, um anime que ficou muito popular ultimamente”. O organizador também aproveita para incluir outras músicas de bandas japonesas, como a the GazettE, responsável por embalar a abertura do anime “Kuroshitsuji”. “É uma mistura de nostalgia com letras sempre muito bem trabalhadas e algo muito comum é ver a galera chorando na balada (risos). Algumas músicas batem forte e emocionam”, brinca Tokage. 

Outra atração confirmada é a flash tattoo promovida pela tatuadora Jéssica Beraldo: o público da casa poderá escolher uma imagem dentre as selecionadas pela profissional para fazê-la por preços mais acessíveis. Muitos dos desenhos escolhidos costumam ser referências a animes. 

No entanto, um dos atrativos mais esperados do evento é o concurso de cosplay. Não é obrigatória a fantasia durante a festa, mas muitos aproveitam a oportunidade de se transformarem nos personagens favoritos e há até uma votação entre o público para escolher a melhor caracterização. 

Vida de cosplayer

Entre o público campineiro da “Otaku Edition” que não abre mão de uma boa fantasia está a modelo Angelica Junia da Silva, de 23 anos. A cosplayer profissional aproveita a “Otaku Edition” para se divertir com a caracterização. Na hora de escolher um personagem, ela se baseia na semelhança de corpo ou estilo. “Ou ainda crio a partir de alguma coisa que eu goste muito por causa da personalidade e da história”, diz. Normalmente, ela fica de um a dois meses preparando a fantasia antes de usá-la. “Poder se transformar em um personagem que você ama é muito bom”, comenta. 

Outro adepto do cosplay é o advogado Bruno Roberto Rocha Caumo, de 29 anos. Ele diz que a curtição é tanto para si mesmo quanto para os outros. “Além de estar representando um personagem que você gosta muito, também proporciona essa alegria e diversão a todos a sua volta que conhecem e admiram aquele personagem”, reforça Bruno, que já prepara a próxima caracterização para a quinta “Otaku Edition”: dessa vez ele vai se transformar no caçador de demônios Rengoku, do anime “Demon Slayer”.

PROGRAME-SE

Festa “Otaku Edition”

Quando: sexta-feira, 10/06, a partir das 22h

Onde: Woodstock Music Bar - Rua Erasmo Braga, 6, Jardim Chapadão

Ingressos: entre R$ 15,00 (até 23h) e R$ 20,00 (a partir das 23h)

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvi