até 4 de abril

Alunos da região têm sessões gratuitas de 'Dona Alcolina Água e Sabão'

Limpeza e higiene pessoal são temas da montagem lúdica que abrangerá 2.046 alunos de escolas públicas

Da Redação/ [email protected]
02/04/2024 às 14:06.
Atualizado em 02/04/2024 às 14:06
Grupo Komedi fará dez apresentações até o dia 4 de abril para crianças de Campinas e Holambra (Adriano Veríssimo)

Grupo Komedi fará dez apresentações até o dia 4 de abril para crianças de Campinas e Holambra (Adriano Veríssimo)

Começaram na segunda-feira (1º) e seguem até o dia 4 de abril as dez apresentações gratuitas da peça teatral infantil "Dona Alcolina Água e Sabão", que circula em quatro escolas públicas para alunos entre 5 e 10 anos de idade. Além da performance teatral, o projeto prevê a entrega de cartilhas informativas para educar as crianças sobre a importância da limpeza e higiene, ressaltando especialmente a relevância da higiene pessoal para prevenir a propagação de várias doenças, incluindo a covid. O projeto conta com intérpretes de Libras e terá monitores para auxiliar participantes com deficiências físicas, visuais ou portadores de síndromes ou doenças que gerem limitações, explica Angélica Nascimento, do Grupo Komedi, que realiza a gestão e produção de projetos culturais.

O enredo da peça mostra dona Alcolina, que tem sobrenome Água e Sabão, como alguém conhecida por seu perfeccionismo e amor pela limpeza. Desde cedo, ela cuida da casa e segue rigorosos padrões de higiene, utilizando álcool para desinfetar tudo ao seu redor, influenciando o filho Gustavo Água e Sabão a seguir seus hábitos.

No entanto, a filha Melissa Água e Sabão é o oposto. Preguiçosa e negligente com sua higiene pessoal, contraria os conselhos maternos, sem se preocupar com os riscos à saúde. Por experiência e aprendizado, no desenvolver da trama, a família entende como pequenos hábitos cotidianos podem contribuir para a saúde e o bem-estar, além de evitar a propagação de doenças e vírus.

As escolas foram escolhidas por terem alunos na faixa etária prevista pelo projeto, em vulnerabilidade social e que não costumam receber ações sociais semelhantes, explica Angélica.

Participam da iniciativa as escolas E.E. Deputado Eduardo Barnabé (DIC), EMEF Corrêa de Mello (Pq. Dom Pedro II), E.M. Jardim Flamboyant e E.E. Prof. Washington José de Lacerda Ortiz (Jardim do Lago) em Campinas e E.M. do Bairro Imigrantes, em Holambra. Com patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura e apoio de empresas, o projeto é produzido pela AF dos Santos Produções, com realização do Ministério da Cultura.

Informações sobre o projeto no Instagram: @grupo_komedi

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por