Publicado 04 de Janeiro de 2022 - 9h44

Por Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular

Governador de São Paulo, João Doria

Governo do Estado de São Paulo

Governador de São Paulo, João Doria

O ano eleitoral mal começou e opositores já encontraram um mote de campanha para fazer cobranças ao governador João Doria. Alguém foi buscar em suas propostas de governo a promessa ainda não cumprida de reduzir de 25 para 20 o número de secretarias estaduais. Doria Irá se desincompatibilizar em abril, e é provável que mantenha a estrutura original de governo. E a pegação no pé irá transbordar para os debates.

MEIO-DE-CAMPO EMBOLADO

A entrada do nome do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, na corrida ao Palácio dos Bandeirantes traz preocupações a largas faixas de políticos do PSB e do PSDB. Tudo por conta da indefinição de Geraldo Alckmin quanto ao cargo que disputará em 2022.

FRASE

"Agradeço as orações e as mensagens de carinho, recebidas pela internação do Jair, decorrente do atentado que sofreu em 2018

Michelle Bolsonaro, primeira-dama

MEIO-DE-CAMPO EMBOLADO 2

A expectativa do PSB era a de poder contar com Alckmin para a corrida eleitoral ao governo de São Paulo. Sem o ex-governador, a sigla do PSB se enfraquece diante do poderio de investimento que fará Bolsonaro para eleger seu ministro da Infraestrutura.

MEIO-DE-CAMPO EMBOLADO 3

Pelos lados tucanos, mesmo tendo deixado o partido, Geraldo Alckmin gera insegurança com sua indefinição. A avaliação tucana é a de que sua ausência na corrida ao Palácio dos Bandeirantes enfraquece o nome do vice-governador Rodrigo Garcia - apoiado por Doria - e favorece o voto conservador em Tarcísio, em especial no interior paulista.

DISSÍDIO

Depois do pessoal da Receita Federal e dos aduaneiros em Operação Padrão, agora é a vez do pessoal do Banco Central protestar e parar por conta da concessão de aumento salarial apenas aos policiais.

DISSÍDIO 2

Mais de 1.200 cargos de gestão foram colocados à disposição no BC, à espera de uma revisão salarial por parte do governo.

REITERANDO

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro passou o dia de ontem em desmentidos sobre informação que circulou na passagem do ano, dando conta de sua desistência de concorrer à Presidência da República, privilegiando a corrida ao Senado.

***********

Moro reiterou ser candidato ao Palácio do Planalto e que se encontra em plena campanha.

FUNDO DE CULTURA

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo divulgou ontem, no Diário Oficial do município, a lista de habilitados pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC) 2021 com o Prêmio Cultura Presente. Foram 1.187 inscrições aprovadas, das quais 1066 foram feitas no Módulo I – Inscrições Individuais, e 121 do Módulo II – Inscrições Criativas.

CAMPINAS PROTEGE

A Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas está realizando busca ativa dos potenciais beneficiários do Auxílio Campinas Protege. Segundo estimativas prévias da Administração Municipal, cerca de 350 famílias têm direito a receber o benefício, mas apenas 3 pleitearam até o momento.

OPERAÇÃO PTOLOMEU

As movimentações financeiras suspeitas que arrastaram o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), para o centro de um possível esquema de desvios em contratações na Saúde e Infraestrutura também colocaram seu pai, Eládio, na mira da Polícia Federal.

Escrito por:

Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular