Publicado 11 de Setembro de 2021 - 10h46

Por Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular

O ex-presidente Michel Temer deu ontem seu parecer e sua visão sobre o clima político do país, um dia após ter aportado em Brasília e ter atuado como o fiel da balança e como o bombeiro que jogou água fria sobre as chamas ardentes das más relações entre Jair Bolsonaro, STF e o Congresso. Temer disse, em suas redes sociais, que “a solução para os problemas que enfrentamos encontra-se na pacificação e no entendimento”. Destacou a esperança de que Bolsonaro “siga nesse caminho hoje e sempre”.

Palavra de vice-presidente

O vice-presidente, general Hamilton Mourão, disse em carta à Nação, que Jair Bolsonaro teve “grandeza moral” ao fazer mea culpa e ter mantido conversa preliminar com o ministro Alexandre de Moraes, do STF. “O presidente tomou essa iniciativa. Teve ele a grandeza moral de colocar por escrito e de entender que usou palavras fortes e que foi tomado por emoção do momento de calor da disputa”. Mourão acredita que o caminho está aberto ao diálogo e compreensão.

FRASE

"Como professor e ex-aluno, agradeço ao Hospital da PUC-Campinas pela importância para a saúde pública.”

Dário Saadi, prefeito de Campinas

DE VOLTA AO NINHO

]O prefeito Dário Saadi teve um reencontro saudoso com seus tempos de formação em Medicina ontem pela manhã, ao participar das solenidades em comemoração aos 42 anos do Hospital da PUC-Campinas.

DE VOLTA AO NINHO 2

Egresso da Faculdade de Medicina da PUC-Campinas, Dário ressaltou a importância de ter por ela se graduado, e destacou a parceria entre o hospital da universidade e a Prefeitura.

USO DO SOLO

A Câmara Municipal de Campinas começa a discutir o uso do solo na região central, como forma de ampliar espaços para a exploração de alimentação. Proposta do vereador Álvaro Salvetti.

HELP & TICKET TO RIDE

Luiz Fux, presidente do STF, descontraiu geral ontem, um dia após usar de tom grave e duro, em discurso contra ameaças de Bolsonaro.

HELP & TICKET TO RIDE 2

Após almoço com grupo de 20 empresários na residência de Washington Cinel, do grupo Gocil, em São Paulo, Fux defendeu seu posicionamento duro contra o presidente, e relaxou, cantando um rock’n roll.

SEM HUCK NO TIME

A direção nacional do Cidadania desistiu de vez da candidatura à Presidência de Luciano Huck, depois que ele se decidiu por substituir Faustão no Domingão da Globo. O partido definiu ontem o nome do senador sergipano Alessandro Vieira.

PESSOALMENTE

Depois do aparente cachimbo da paz por telefone, Jair Bolsonaro promete encontro pessoal com Alexandre de Moraes para a próxima semana.

RUBBER DUCK

O caminhoneiro Marco Antonio Pereira Gomes, o Zé Trovão, manda recado do México: diz que não será preso por policiais, e que prefere se entregar mediante negociação com Bolsonaro. Exige a soltura de Roberto Jefferson e a demissão de Alexandre de Moraes.

RUBBER DUCK 2

O episódio de Zé Trovão lembra o filme “Comboio”, do diretor Sam Peckinpah, de 1978, com Kris Kristofferson. Perseguido por um mau xerife, Rubber Duck foge pelas estradas e gera um comboio de caminhoneiros em seu apoio. Ao final, entrega-se ante condições.

Escrito por:

Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular