Publicado 07 de Setembro de 2021 - 10h10

Por Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular

Os ânimos ainda não foram serenados pelos lados do IAC - Instituto Agronômico de Campinas, depois do anúncio de que o governo do Estado pretende ceder o prédio-sede da entidade - o edifício moderno, batizado de “Alcides de Carvalho” - para que a Prefeitura transfira para ele suas secretarias e órgãos ligados ao verde. Pesquisadores têm captado certa intenção de João Doria de ir além dessa concessão, e propor uso imobiliário de áreas do IAC, fronteiriças à avenida Barão de Itapura. O fogo ainda arde.

ISOLAMENTO PERIGOSO

Aos poucos, Campinas vai perdendo o domínio político-administrativo no Estado de São Paulo e se restringindo aos seus 20 municípios que compõe a Região Metropolitana. Vai sendo espremida pelas regiões metropolitana de Piracicaba e administrativa de São João da Boa Vista. Desde meados da década passada, viu Jundiaí ser transformada em Aglomeração Urbana. É preciso articulação política e liderança para não perder força junto ao Estado.

FRASE

"Os brasileiros estão incrivelmente negativos sobre seu próprio país.”

Robin Brooks, do Institute of International Finance

PREFEITO HIPPIE

Dário Saadi aproveitou a manhã do último sábado para dar uma circulada pela Feira Hippie, no Centro de Convivência Cultural. Até este 7 de setembro, haverá atividades diárias como parte da programação da Semana da Feira de Artes e Artesanatos.

PREFEITO HIPPIE 2

A Semana do Artesão - ou Semana da Feira de Artes e Artesanatos e atividades afins - foi instituída por lei 14.294, de 14 de junho de 2012, proposta por Dário Saadi, quando cumpria mandato de vereador.

PREFEITO HIPPIE 3

Dário estava acompanhado pela secretária municipal de Cultura e de Turismo, Alexandra Caprioli, o diretor de Turismo, Eros Vizel; e o coordenador de feiras, Mário César Mello Silva. O prefeito disse que pretende dar mais apoio ao segmento.

PREFEITO HIPPIE 4

“Em 2012 fui procurado por um grupo de artesãos que trabalhavam na feira e pediram que eu propusesse em lei uma semana de reconhecimento da Feira do Convivência”, lembrou-se Dário.

**********

“E hoje pude celebrar o início das festividades desta semana que já faz parte do calendário de eventos da nossa cidade”, disse o prefeito sobre a Feira Hippie. Só faltou uma bandana na careca.

ARTICULAÇÃO FINAL

Até a noite desta segunda-feira (6), Brasília viveu intensa movimentação entre seus principais edifícios e casas de poder. Ministros do STF, presidentes de Câmara Federal e Senado e lidernças de bancadas no Congresso, articulavam encontros e conversas.

ARTICULAÇÃO FINAL 2

Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Rodrigo Pacheco e Arthur Lira passaram horas em articulações buscando serenar ânimos com o Planalto.

**********

O Congresso decidiu esvaziar a pauta da semana, pegando mais leve em projetos menos relevantes, no aguardo dos desdobramentos de hoje.

TEMOR ECONÔMICO

Ninguém mais anda preocupado com o Sete de Setembro do que membros do Ministério da Economia. Assessores de Paulo Guedes temem que o clima de confronto prejudique a retomada econômica.

PAI DO CRUZADO

Morreu no domingo o economista João Sayad, ministro do Planejamento do governo José Sarney e um dos pais do Plano Cruzado, de 1986.

APOIO A IMIGRANTES

Antropólogo com mestrado na Unicamp e uma das referências no Serviço de auxílio a imigrantes, o haitiano Berhman Garçon morreu neste domingo.

Escrito por:

Luiz Roberto Saviani Rey/ Diretor editorial do Correio Popular