Publicado 14 de Janeiro de 2022 - 8h19

Por Ângelo Barioni/ Correio Popular

Federação garante que determinação do Governo do Estado de São Paulo, que estabelece a limitação do público em 70% nos estádios paulistas a partir de 23 de janeiro

Divulgação

Federação garante que determinação do Governo do Estado de São Paulo, que estabelece a limitação do público em 70% nos estádios paulistas a partir de 23 de janeiro

A Federação Paulista de Futebol (FPF) garantiu que a determinação do Governo do Estado de São Paulo, que estabelece a limitação do público em 70% nos estádios paulistas a partir de 23 de janeiro, será cumprida. A entidade lembra que vem trabalhando junto com as autoridades para diminuir os impactos da covid-19 no Estado. Segundo a entidade, “o Futebol Paulista segue unido, comprometido no combate à covid-19 e orientado pela ciência".

Controle

O governo paulista fez uma série de recomendações a fim de diminuir a participação em eventos como shows, festas e competições esportivas. A preocupação ocorre em um momento no qual a variante Ômicron do coronavírus está provocando uma alta na taxa de internações. A FPF e os clubes exigirão que os torcedores estejam com o ciclo de vacinação completo ou que apresentem teste negativo de covid-19 para o ingresso aos estádios.

FRASE

"O Renan Lodi, lateral do Atlético de Madrid, está alijado da possibilidade de convocação em função da sua não vacinação”

Tite, técnico da Seleção Brasileira

Desolação

O clima no vestiário do Guarani após eliminação diante do Votuporanguense, na segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, foi classificado como 'velório'. Há relatos de que Gabriel Penna, volante que desperdiçou a cobrança do Bugre, foi quem mais chorou na Arena Plínio Marin. Quem também ficou muito abatido foi o meio-campista Deco, opção no banco de reservas.

Tristeza

Depois do jogo, houve a oração e bastante silêncio devido à tristeza pela derrota nas penalidades. Sem nenhum clima festivo, o Bugre retornou de Votuporanga para Tanabi, onde ficou concentrado no hotel até quinta-feira pela manhã.

Bola para frente

A delegação do Guarani desembarcou no Estádio Brinco de Ouro da Princesa no período da tarde. Boa parte dos jogadores será liberada para férias. Alguns, porém, não vão ter descanso pelo fato de serem integrados ao elenco profissional, sob comando de Daniel Paulista, para pré-temporada.

Animação

Subindo a Avenida Ayrton Senna da Silva, o clima de frustração no lado do Guarani contrasta com a felicidade na Ponte Preta, que eliminou o Jacuipense com vitória de 1 a 0, em Franca, e seguiu viva na Copa São Paulo. No vestiário, não faltou sorriso no rosto e festa da garotada.

Superação

Em vídeos divulgados pela própria Ponte Preta nas redes sociais, a meninada entoou um dos principais cânticos da torcida nas arquibancadas do Moisés Lucarelli para celebrar a classificação. Quem está no dia a dia relata que os atletas têm sido guerreiros para superar as dificuldades de dentro e também fora do gramado, como salários atrasados, inclusive dos membros da comissão técnica.

Rápido

O Olympique de Marselha, da França, anunciou, nesta quinta-feira, a contratação do atacante Cédric Bakambu, que estava sendo especulado no Corinthians nos últimos dias. O jogador atuou ao lado do brasileiro Renato Augusto.

Afim de jogo

Depois de cumprir uma semana de isolamento por conta da covid-19, Marinho deu início a sua pré-temporada no CT Rei Pelé nesta quarta-feira. E o ano do atacante do Santos promete ser quente, principalmente após as diversas críticas que ele recebeu em 2021.

Acerto de contas

Após três temporadas no Morumbi, o atacante Pablo pode retornar ao Furacão. Considerada a contratação mais cara da história, R$ 26 milhões, o São Paulo assumirá um enorme prejuízo. Isso porque o clube tenta ao menos receber R$ 3 milhões do Athletico-PR pelo jogador, valor referente à dívida que possui com o camisa 9.

Favorito?

O futebol brasileiro tem sido questionado nos últimos anos pela queda de qualidade e a dependência da figura de Neymar. Mas o técnico Tite não se importa com esse tipo de crítica. Para o comandante, a Seleção Brasileira está, sim, entre as favoritas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. Brasil, França, Inglaterra, Bélgica, Alemanha e Espanha são, segundo o treinador, as seleções favoritas ao título mundial. Em um primeiro momento, Tite não citou a Argentina no grupo das seis principais favoritas. Mas depois disse que a Argentina está está em um hall entre os sete favoritos.

Escrito por:

Ângelo Barioni/ Correio Popular