Publicado 13 de Janeiro de 2022 - 8h27

Por Ângelo Barioni/ Correio Popular

O governo de São Paulo determinou a redução de 30% na capacidade de público nos estádios a partir do início do Campeonato Paulista

Divulgação

O governo de São Paulo determinou a redução de 30% na capacidade de público nos estádios a partir do início do Campeonato Paulista

O governo de São Paulo determinou a redução de 30% na capacidade de público nos estádios a partir do início do Campeonato Paulista. Eventos, shows e outras atividades esportivas realizadas no estado também seguirão com a obrigatoriedade quanto ao uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e apresentação de comprovante vacinal completo. A redução de público nessas práticas, porém, cabe aos municípios - o que não é o caso dos jogos de futebol.

Recomendação 2

A Medida anunciada nesta quarta-feira foi tomada para frear a rápida disseminação da variante ômicron da Covid-19. Cabe aos municípios decidirem conforme os casos

A estreia do Campeonato Paulista de 2022 ocorre em 23 de janeiro, às 16h00, quando o Palmeiras visita o Grêmio Novorizontino. Já a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior está marcada, como de costume, para o dia 25, mas ainda não tem local definido.

FRASE

"Contratação de Cavani é quase impossível: O Manchester não deve liberar o jogador, e Diego Costa tem contrato com o Galo”

Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians

Responsabilidade

Na negociação por empréstimo de Yago junto ao Athletico-PR, o Guarani será o responsável pelo pagamento de 100% do salário. Caso o atacante se destaque na temporada, o Bugre ainda terá direito à taxa de vitrine desde que o Furacão, dono dos direitos econômicos, aceite negociá-lo.

Risco

O clube de Curitiba também tem a possibilidade de solicitar o retorno do jogador quando entender ser conveniente, sobretudo se tiver em mãos uma oferta para venda. O Alviverde, porém, está resguardado caso uma equipe da Série A tenha interesse no ponta por um empréstimo gratuito.

“Bingo”

Quando a notícia de Ivan no Corinthians começou a ganhar força na imprensa de São Paulo, uma pessoa próxima ao goleiro, consultada pela coluna, foi informada de que o negócio já estava fechado, porém sob grande sigilo. Na prática, é apenas questão de tempo para que o camisa 1 seja negociado em definitivo pela Macaca e deixará saudade na torcida.

Empréstimo?

Há um entendimento dentro do Estádio Moisés Lucarelli de que a Ponte Preta não pode perder o 'time' de vender o atleta. Afinal, o Portimonense (POR), há cerca de dois anos, colocou dois milhões de euros na mesa do ex-presidente José Armando Abdalla Júnior. A diretoria deu sinal positivo, mas Ivan recuou e preferiu ficar para buscar o acesso na Série B, o que não aconteceu meses depois.

Atacante

O Corinthians não vai se mexer enquanto Diego Costa não conseguir a rescisão de contrato com o Atlético-MG. A diretoria corintiana já tem bem claro quais são os seus limites e o que deve ser proposto ao centroavante de 33 anos.

Zagueiro

A diretoria do Palmeiras acertou os últimos detalhes da negociação e anunciou nesta quarta-feira a contratação do zagueiro Murilo, que estava no Lokomotiv Moscou, da Rússia, onde conquistou títulos. O jogador de 24 anos e 1,88 metros de altura assinou vínculo com o clube alviverde por cinco temporadas, até o final de 2026.

Limite

O São Paulo chegou ao limite para ter Soteldo em 2022. O clube vem tentando há algumas semanas viabilizar a contratação do jogador, cedendo em muitos pontos para que a transferência se concretize. No entanto, chegou ao seu limite financeiro e não fará mais alterações na proposta. O Tricolor corre atrás de um volante para fechar o elenco.

Renovação

Após anunciar Ricardo Goulart, o Santos fica próximo de acertar com o centroavante Pablo, do São Paulo. O time está de olho em alguns nomes no mercado, mas acabou desistindo do atacante Luiz Phelipe, que atua na Suíça.

Protocolo

A explosão de casos de covid-19 no País provocada pelo avanço da variante Ômicron fez a Federação Paulista de Futebol (FPF) repensar o protocolo para o Campeonato Paulista 2022. A entidade fará mudanças no plano de medidas para conter a disseminação do vírus entre os atletas e estuda exigir o passaporte de vacina para todos os jogadores dos 16 clubes da elite do futebol estadual.

Haverá uma reunião virtual nesta quinta-feira, 13, entre os membros do comitê médico da FPF e os médicos dos clubes das três divisões do futebol paulista.

Escrito por:

Ângelo Barioni/ Correio Popular