Publicado 17 de Setembro de 2021 - 8h49

Por Ângelo Barioni/ Correio Popular

Os jogos do Flamengo no Campeonato Brasileiro continuarão a ser realizados com portões fechados. Um dos vice-presidentes do Superior Tribunal de justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua derrubou na madrugada desta quinta-feira a liminar que dava ao Rubro-Negro aval para a realização de partidas com público na competição nacional. O auditor optou por suspender os efeitos da liminar até a próxima reunião do Conselho Técnico dos clubes , no dia 28 de setembro.

Pressão

A atitude do auditor do STJD traz um alento para a CBF, pois evita a paralisação da rodada do Campeonato Brasileiro. No decorrer desta semana, equipes participantes da Série A cogitaram adiar suas partidas caso o Flamengo pudesse contar com torcedores no confronto, com o Grêmio, no domingo, no Maracanã. A CBF entrou com um recurso dizendo que a rodada seria adiada, caso o Flamengo seguisse com a ideia de permitir torcida,

FRASE

"O dérbi tem uma tradição muito grande. Não tem como fazer uma semana igual e normal, porque é um jogo diferente."

Gilson Kleina, técnico da Ponte Preta

Salário

A Ponte Preta viu vencer, no quinto dia útil de setembro, o salário de agosto, registrado em CLT, dos jogadores do elenco principal. A Macaca corre contra o tempo para saldar essa pendência financeira até esta sexta-feira com os atletas horas antes do Dérbi 201.

Atraso

Além deste problema, a Alvinegra tem três meses de direitos de imagem em atraso: junho, julho e agosto. Por isso, os profissionais adotam lei do silêncio e não concedem entrevista coletiva há mais de duas semanas. Por outro lado, os funcionários receberam vencimento do mês passado.

Espionagem

O tema de um drone para acompanhar os treinamentos foi pauta no Guarani nesta semana. Durante a preparação para o clássico, o Bugre tratou de trabalhar em silêncio desde a última sexta e com escalação guardada a sete chaves por Daniel Paulista.

Análise

Especula-se, inclusive, que a preparação do Alviverde para o duelo começou há pouco menos de um mês, quando a comissão técnica de Daniel e os analistas de desempenho passaram a estudar minuciosamente a Ponte Preta: modelo de jogo, qualidades e pontos fracos.

Igualdade

O Dérbi Campineiro é marcado pelo equilíbrio. Em 200 jogos disputados, são 68 vitórias do Guarani, 65 empates, 66 triunfos da Ponte Preta e um resultado desconhecido. Em número de gols, há igualdade em 267 para cada lado.

Tabu

O confronto desta sexta-feira coloca em xeque uma marca de 12 anos da Ponte Preta sem derrota diante do Guarani dentro do Estádio Moisés Lucarelli. O último tropeço foi registrado em junho de 2009, quando Alviverde fez 1 a 0, graças a golaço de Caíque, pela Série B.

Números

Nos dez últimos clássicos, todos disputados a partir de maio de 2018, o Guarani tem apenas duas vitórias em cima da Macaca, ambas no Brinco de Ouro da Princesa e sem presença de público por conta da Covid-19: em março de 2020 (3 a 2) e em junho de 2021 (1 a 0).

Números 2

Se o Guarani chega em vantagem para o dérbi por ter melhor campanha na Série B, a Ponte Preta tem a seu favor o fato de ter feito 82% dos seus gols em casa

Sem público

O STJD derrubou liminar que garantia público ao Flamengo. A decisão foi tomada pelo vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva e relator do caso, Felipe Bevilacqua, na madrugada dessa quinta-feira, que concedeu um efeito suspensivo sobre a medida, com julgamento no Pleno do tribunal marcado para o próximo dia 23.

Mundial

Em mais uma boa atuação, nesta quinta-feira a Seleção Brasileira de futsal venceu sua segunda partida pela Copa do Mundo. O adversário da vez foi a República Tcheca, que chegou a complicar na primeira etapa, mas, no decorrer da partida, o Brasil contou com Ferrão para se soltar. O jogo terminou em 4 a 0 para os brasileiros, que garantiram vaga nas oitavas de final da competição. O Brasil agora é líder isolado da chave D do Mundial com seis pontos em duas partidas. O próximo compromisso será contra o Panamá, às 10h, deste domingo.

Escrito por:

Ângelo Barioni/ Correio Popular