Publicado 21 de Agosto de 2021 - 9h04

Por Ângelo Barioni/ Correio Popular

O Comitê Organizador dos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020 anunciou nessa sexta-feira a detecção do primeiro caso de covid-19 entre os atletas que desembarcaram no Japão para participar do evento esportivo, que começará na próxima terça. A identidade do esportista e o país que representaria não foram divulgados, apenas que o resultado positivo foi apurado durante o período obrigatório de quarentena de 14 dias, antes da chegada à Vila Paralímpica.

Ouro e prata

Primeira atleta do Brasil a conquistar uma medalha de ouro e outra de prata em uma única edição dos Jogos, a ginasta Rebeca Andrade, 22 anos, recebeu uma homenagem do Comitê Olímpico do Brasil (COB) no Centro de Treinamento da Ginástica Artística (CTGA), localizado no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. Trata-se de uma homenagem justa porque a Rebeca inspirou a todos nos Jogos de Tóquio com sua história e seu exemplo.

FRASE

"Devemos agir para salvar minhas companheiras. Elas são minhas irmãs”,

Shabnam Mobarez, capitã da seleção de futebol feminino do Afeganistão em apelo para FIFA salvar jogadoras do time

Vazou

O vazamento da informação da ausência de Lucão do Break do jogo deste sábado, diante do Vitória, irritou muita gente no Guarani. Alguns diretores ficaram descontentes pelo fato da notícia ter se tornado pública dois dias antes do confronto.

Expectativa

O Departamento Médico monitora de perto a situação do centroavante, com sintomas de forte gripe e com teste para Covid-19 realizado. O Bugre torce para que o resultado negativo seja confirmado e não ocorra novo surto como foi entre dezembro e janeiro.

Isento

Por falar em testes do coronavírus, o Guarani não tem custo com um número pré-determinado a cada rodada na Série B para atletas e comissão técnica. A CBF é responsável por pagar uma quantia ao time campineiro na bateria de exames.

Retórica

Alarcon Pacheco mostrou-se visivelmente incomodado com questionamentos da imprensa a respeito do baixo grau de assertividade nas contratações da Ponte Preta para disputa da Série B. A resposta do executivo de futebol veio cheia de ironia.

Visado

O dirigente, em conversa com jornalistas do Nordeste, onde trabalhou em Vitória e CRB, já declarou por diversas vezes sobre ser o 'homem-forte' da Macaca: pressão constante, torcida de massa e camisa pesada.

Libertadores

A Conmebol definiu nesta sexta-feira as datas e horários das semifinais da Libertadores depois que todos os classificados foram conhecidos. Palmeiras e Atlético-MG vão abrir os duelos por uma vaga à final.

Semifinal

Verdão e Galo medem forças em 21 de setembro, uma terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo. A volta será uma semana depois, dia 28, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Semifinal 2

No dia 22, uma quarta-feira, também às 21h30, o Flamengo encara o Barcelona de Guayaquil no Mané Garrincha, em Brasília. O segundo duelo será no dia 29, no estádio Monumental, em Guayaquil.

Reforços

O meia Augusto Galvan foi regularizado no BID (Boletim Diário Informativo da CBF) na manhã dessa sexta-feira. Ele ficará a disposição do Santos para atuar contra o Internacional no domingo, na Vila Belmiro. Treinando no Sub-23, o venezuelano Matías Lacava também apareceu no BID e pode ser utilizado pelo clube.

Contra o relógio

O Corinthians vê prazo 'apertar' para a chegada de Roger Guedes. As inscrições no Brasileirão terminarem no fim de setembro.

Lembrança

O primeiro ouro olímpico da Seleção Brasileira, conquistado nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016, completou cinco anos na sexta-feira. Para celebrar a data, a CBF lembrou de Weverton, hoje no Palmeiras, que defendeu a última cobrança da Alemanha na disputa de pênaltis e abriu caminho para Neymar definir o título. "Aquela defesa histórica completou 5 anos. Em 2016, a Seleção Brasileira conquistava o ouro olímpico no Maracanã ao lado de sua torcida. Um dia que ficará marcado para sempre”, escreveu a CBF nas redes sociais.

Escrito por:

Ângelo Barioni/ Correio Popular