Publicado 23 de Junho de 2021 - 11h26

Por Ângelo Barioni/Correio Popular

A Copa América já registrou 140 casos confirmados de covid-19, a maioria em membros de delegações, empregados terceirizados e operários envolvidos com a organização da competição realizada no Brasil, informou nesta segunda-feira a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A Conmebol não informou quantos jogadores tiveram testes positivos entre os 140 casos confirmados. Na semana passada, o Ministério da Saúde disse que 37 jogadores tinham sido contaminados.

Copa Covid

Segundo a Conmebol, já foram realizados 15.235 testes de covid e os 140 resultados positivos representam cerca de 0,9%. De acordo com a instituição, a maioria dos afetados são trabalhadores, membros de delegações e pessoal terceirizado. Em comparação com o relatório anterior, “a incidência do coronavírus diminuiu, o que é um sinal claro de que as medidas preventivas e os protocolos de saúde funcionam ", afirma a Conmebol.

FRASE

"Ser mais efetivo na frente e ter gana para fazer os gols. A gente está trabalhando para sair dessa situação. É continuar trabalhando e não desanimar" (Camilo, atleta da Ponte Preta)

Sem vínculo

Livre no mercado após rescindir com o Guangzhou Evergrande, o meia Paulinho, ex Corinthians, desperta o interesse no Timão, que deseja seu retorno, mas situação não é fácil.

Em forma

O jogador está em Bragança Paulista onde mantém a forma no Red Bull/Bragantino. Com duas Copas do Mundo e passagem pelo Barcelona, o atleta está no radar de clubes europeus.

Radar do Bugre

O Guarani negocia com o Cruzeiro a contratação do volante Matheus Neris. O atleta de 22 anos é desejo antigo do Bugre, tendo contrato com a Raposa até o fim de 2022. O alviverde tenta negociar a vinda até o fim da série B do Campeonato Brasileiro.

Desabafo

Cobrado por suas ausências em derbis anteriores, Bruno Sávio desabafou, revelando que teve uma semana muito difícil antes do jogo, pois perdeu um primo, verdadeiro irmão com covid, e sua esposa que estava grávida, teve um aborto espontâneo. Afirmou que jogou na base da raça e do caráter.

Meia

O Guarani ainda busca um meia de criação, para revezar com Régis e Andrigo. São dois os motivos: campeonato longo e olhos atentos do exterior em cima de Andrigo que podem levá-lo embora na janela de transferências.

Revezamento

O técnico Tite vem promovendo um revezamento entre os goleiros. Especialistas, defendem que qualquer equipe, mesmo que seja de bairro ou a melhor seleção do planeta, precisa ter um goleiro titular. Weverton será o titular contra a Colômbia, nesta quarta-feira.

Luto

A Ponte Preta enfrentou o Operário de luto em decorrência do falecimento do ex jogador Lucas Pereira, que vestiu a camisa 9 da Macaca em 2002. O ex-atacante, revelado nas categorias de base, morreu aos 39 anos, por complicações da Covid-19.

Avaliação

A presença do veterano de 38 anos ainda é tratada como dúvida e vai depender da participação na atividade marcada para manhã desta quarta-feira, dia do jogo, novamente no CT.

Prestigiado

Trabalho de Alarcon Pacheco segue elogiado nos bastidores do Estádio Moisés Lucarelli. Contratado como novo executivo de futebol em março, cartola da Ponte Preta nutre ótimo relacionamento com os seus pares.

Criticado

Fora do Majestoso, entretanto, Alarcon tem trabalho criticado por boa parte da torcida. As contratações do atacante João Victor, fora do elenco sem disputar um jogo, e do volante Lucas Cândido, um mês em recondicionamento físico, são bem contestadas.

Copa do Brasil

Os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil foram definidos na tarde desta terça-feira, após sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

O calendário da CBF prevê que os jogos de ida e volta das oitavas de final da Copa do Brasil sejam realizados entre o fim de julho e início de agosto. As datas e os horários serão divulgados pela entidade posteriormente.

Nas quartas de final, haverá novo sorteio para definir os confrontos com os classificados. Só então será definido o chaveamento completo até a decisão da Copa do Brasil.

Escrito por:

Ângelo Barioni/Correio Popular