Publicado 08 de Junho de 2021 - 9h11

Por Ângelo Barioni/Correio Popular

Embora insatisfeitos com a política adotada pela CBF, os jogadores da Seleção decidiram que vão disputar a Copa América , que começa no próximo domingo. O Brasil estreia diante da Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Conforme promessa de Casemiro, capitão do time, o comunicado oficial será feito nesta terça´feira, depois da partida contra o Paraguai, às 21h30, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. A seleção disputará com elenco parecido com o que está reunido para os jogos das Eliminatórias

PUNIÇÃO

Depois de muita pressão e polêmicas, Rogério Caboclo foi afastado da presidência da Confederação Brasileira de Futebol. A informação foi dada inicialmente pelo Uol e pelo GE e posteriormente confirmada pela própria CBF. O dirigente foi afastado inicialmente por 30 dias por uma decisão do Conselho de Ética da entidade, com possibilidade de prorrogação. A decisão acontece após Caboclo ser acusado de assédio moral e sexual.

FRASE

"Sabemos da gravidade do caso. Agora, existe um Comitê de Ética da CBF que toma as devidas providências. Não é da nossa alçada" (Tite, técnico da Seleção Brasileira de Futebol ao responder pergunta sobre o presidente da CBF Rogério Caboclo, afastado das funções)

NOVO PERFIL

Em apenas dois jogos o Bugre já tem mais da metade dos gols que fez em todo o Campeonato Paulista deste ano. São seis na série B em 2 jogos contra onze em 13 partidas pelo estadual. É o melhor ataque da segundona ao lado do CRB.

ELOGIADO

Gilson Kleina foi elogiado por boa parte da torcida após empate da Macaca com o Vasco da Gama. Em cinco dias livres de treinamentos, o treinador já deu uma nova cara, sobretudo taticamente, na Ponte.

TÁTICA

Na quinta passagem pelo Majestoso, Gilson atendeu a um pedido antigo da torcida e alterou o esquema. O primeiro passo realizado foi sacar o centroavante Paulo Sérgio, tão contestado, e improvisar o meia Camilo como falso 9.

RADAR DO PEIXE

O Santos avançou na negociação pela contratação de Paulo Henrique Ganso, do Fluminense. Os clubes conversam diariamente e as diferenças diminuíram. Pesa a favor do Santos o desejo de Ganso em retornar. O meia, inclusive, não ficou à disposição contra o Cuiabá pelo Campeonato Brasileiro.

RENOVAÇÃO

O Peixe decidiu renovar o contrato de Carlos Sánchez até 22 de julho de 2023. O meio-campista uruguaio, está na fase final de recuperação de lesão do ligamento cruzado do joelho esquerdo.

DE VOLTA

Deyverson participou de seu primeiro treino oficial, nesta segunda feira, desde seu retorno ao Palmeiras. O atleta estava emprestado ao Alavés, da Espanha.

ARTILHEIRO

Autor do segundo gol do Palmeiras na vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense, neste domingo, Luiz Adriano balançou as redes pela 30ª vez com a camisa do Verdão e entrou para a lista dos 100 maiores artilheiros da história do clube.

META

"Construir a vitória", esse foi o lema deixado pelo técnico Sylvinho ao elenco do Corinthians, após o triunfo por 1 a 0 contra o América-MG, em Belo Horizonte, no último domingo, pela segunda rodada do Brasileirão.

SLOGAN

A frase foi levada pelo treinador tanto antes, quanto depois da partida contra o Coelho, que marcou a primeira vitória corinthiana sob o comando do novo técnico.

RECUPERADO

O time do São Paulo vai poder contar com o Hernán Crespo, nesta terça-feira, no Morumbi, diante do 4 de Julho, em duelo válido pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

SEM COVID

Após testar negativo para covid-19 em exames realizados na quinta-feira, no domingo e nesta segunda-feira, o técnico está liberado para retomar suas atividades no clube.

PRESSÃO

A insatisfação dos jogadores virou preocupação para o presidente Jair Bolsonaro. Ele não aceita que a competição não aconteça e estava pressionando Rogério Caboclo, até então presidente da CBF, para demitir Tite e colocar Renato Gaúcho. O ex-técnico do Grêmio é apoiador declarado do atual presidente. Nesta segunda-feira, Hamilton Mourão, vice-presidente do Brasil, passou a endossar as críticas contra o treinador e chegou a afirmar que o Cuiabá estava sem técnico, em uma indireta sobre um destino para Tite.

Escrito por:

Ângelo Barioni/Correio Popular