Publicado 03 de Junho de 2021 - 9h53

Por Ângelo Barioni/Correio Popular

Embora o cancelamento da Copa América tenha sido discutido na última reunião da Conmebol, após a desistência da Argentina, o tema foi logo descartado pelos dirigentes das federações nacionais. O motivo é, sobretudo, financeiro. O orçamento da entidade prevê US$ 122 milhões (R$ 637 milhões) em gastos com a competição. A previsão das receitas é menor em relação às edições anteriores, principalmente pela falta de público. 

Sem torcida

O torneio centenário tem sido um evento comum no calendário das seleções sul-americanas. Já foram realizadas edições em 2015, 2016 e 2019. Esta será a quarta em seis anos. A importância financeira da competição fica mais acentuada na comparação dos balanços da entidade "com" e "sem" a Copa América. O cancelamento do torneio (mesmo sem torcida) significaria um rombo ainda maior nas contas da Conmebol.

FRASE

"Estou muito honrado em voltar a este grande clube do futebol brasileiro, me dedicarei ao máximo à nossa macaquinha” (Gilson Kleina, técnico da Ponte Preta)

MOTVADO

O Palmeiras finalizou na manhã dessa quarta-feira sua preparação para enfrentar o CRB, em jogo válido pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, nesta quinta-feira.

ALTERNATVO

O Verdão não contará com o goleiro Weverton (Seleção Brasileira), o zagueiro Gustavo Gómez (Seleção Paraguaia), o lateral-esquerdo Matías Viña (Seleção Uruguaia) e o meio-campista Gabriel Menino (Seleção Brasileira Olímpica).

EM  DIA

O São Paulo anunciou em suas redes sociais que quitou a dívida que tinha com o Dínamo de Kiev por Tchê Tchê. O volante foi contratado pelo Tricolor em 2019.

LIBERADO

O débito com o Dínamo de Kiev, inclusive, colocava o São Paulo em risco de sofrer uma sanção da Fifa, sendo proibido de contratar qualquer jogador até o pagamento da dívida.

MESMO TIME

Mesmo com a vitória por 2 a 0 fora de casa, o técnico Fernando Diniz não pensa em poupar jogadores do Santos contra o Cianorte na próxima terça-feira, na Vila Belmiro, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O treinador não é adepto do rodízio, a não ser por determinação médica.

GESTOR

O Corinthians anunciou Carlos Brazil, ex-Vasco, como novo gerente geral das categorias de base. O executivo, que estava no clube carioca, é ex-presidente e atual diretor do Movimento de Clubes de Formação do Futebol Brasileiro, além de professor e palestrante na CBF Academy.

MODELO

A gentileza apresentada pelo Guarani no Estádio Couto Pereira foi muito elogiada pelos dirigentes do Coritiba, na última terça-feira à noite. Segundo relatos, o bugre deixou o vestiário totalmente higienizado e organizado antes do retorno para Campinas.

INQUILNO

O Alviverde, na oportunidade, utilizou as dependências do Coxa Branca, enquanto o Operário, embora tenha sido mandante do confronto, ficou no lado do visitante no Alto da Glória.

PARABÉNS

Um cartola do Coritiba, inclusive, procurou membros do Conselho de Administração do Guarani para agradecer a gentileza mostrada em solo paranaense.

EMPRESTADO

O volante Igor Maduro, da Ponte Preta, foi emprestado para defender a Inter de Limeira na Série D do Campeonato Brasileiro.

EMPRESTADO 2

O goleiro reserva Pedrão, da macaca, também vai defender a Internacional este ano. Os dois atletas não são aproveitados em Campinas e vão defender outros times para ganhar rodagem na carreira.

Crise sanitária

No fim de maio de 1919 a seleção brasileira venceu o Campeonato Sul-Americano, hoje conhecido como Copa América, após disputar a final com o Uruguai. A competição, que trouxe o primeiro grande título ao futebol brasileiro, estava programada para o ano anterior, mas foi adiada em razão da grave crise sanitária causada pela gripe espanhola. Mais de um século depois, o Brasil está novamente no centro de uma discussão que envolve a competição esportiva e uma grave crise sanitária. O país enfrenta a pandemia de covid-19 com uma vacinação lenta.

Escrito por:

Ângelo Barioni/Correio Popular