Publicado 22 de Maio de 2021 - 12h45

Por Ângelo Barioni/Correio Popular

Precaução

A precaução marcou a primeira partida entre Palmeiras e São Paulo, nesta quinta-feira, pela decisão do Campeonato Paulista . O empate por 0 a 0 no Allianz Parque foi consequência de um jogo truncado, em que as equipes abriram mão da ousadia e as defesas prevaleceram nos confrontos com os ataques. O Alviverde foi um pouco mais perigoso, a melhor chance foi do Tricolor, mas, a rigor, as duas equipes preferiram apostar tudo na segunda partida, neste domingo, no Morumbi.

Fórmulas

A expectativa do torcedor é que São Paulo e Palmeiras façam uma partida leve, solta e com gols. Esse também é o desenho dos técnicos Crespo e Abel Ferreira que fazem um prognóstico de um jogo aberto com as equipes buscando o gol durante os 90 minutos. Se na última quinta prevaleceu os sistemas defensivos, ambos os treinadores devem estar desenvolvendo fórmulas para tentar desmontar os ferrolhos montados estrategicamente por ambos.

"Nas finais é isto. É jogar para ganhar. Daqui a alguns anos, ninguém quer saber como foi o jogo.”

João Martins, auxiliar técnico do Palmeiras

Tristeza

Felipe também lamentou o fato de o Alviverde não ter marcado gols na primeira partida da decisão, em casa, embora ainda acredite que o time possa ser coroado com o título no confronto de volta, marcado para este domingo.

Alegria

O técnico Hernán Crespo saiu satisfeito do empate sem gols entre Palmeiras e São Paulo, pela ida da final do Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Para o treinador, foi um confronto bastante difícil na casa do rival e, considerando as circunstâncias, a igualdade no placar não foi tão ruim.

Confiança

O departamento médico do São Paulo vai lutar contra tempo para ter Daniel Alves, Eder, Luciano e Benítez , diante do Palmeiras. Dos quatro, o centroavante, segundo o técnico Hernán Crespo, é o que tem mais chance de jogar.

Negociado

Palmeiras está próximo de assinar a renovação do contrato de Rony até o final de 2025, com direito a um aumento da multa rescisória do jogador. Até o momento, o contrato estende-se até dezembro de 2024.

Negativa

Após negativa de Renato, Corinthians evita 'Operação Mancini' e define Diego Aguirre como novo alvo. O Timão busca novo técnico, e o uruguaio é a prioridade do momento. Embora a diretoria seja receosa com estrangeiros, sua experiência no Brasil joga a favor de Diego.

Arbitragem

Raphael Claus será o responsável por comandar a partida decisiva entre São Paulo e Palmeiras. Os assistentes serão Daniel Paulo Ziolli e Neuza Ines Back, além de Thiago Luis Scarascati como quarto árbitro. Já o VAR ficará sob a responsabilidade de Marcio Henrique de Gois.

Renovação

O meia Gabriel Pirani, de 19 anos, assinou seu novo contrato profissional com o Santos nesta sexta-feira.

Sem fronteiras

O argentino Hernán Crespo, do São Paulo, e o português Abel Ferreira, do Palmeiras, iniciaram na quinta-feira, a decisão do Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Nesta final, a nacionalidade dos técnicos precisa de destaque. Esta é a primeira final da história do torneio estadual entre treinadores estrangeiros. O troféu tem peso diferente para os dois treinadores: o são-paulino carrega o jejum de nove anos; o palmeirense já levantou duas taças recentes.

Escrito por:

Ângelo Barioni/Correio Popular