Publicado 18 de Agosto de 2021 - 8h40

Por Estéfano Barioni/Correio Popular

Fala-se muito sobre o papel das reformas (administrativa, tributária, trabalhista, previdenciária, etc.) no crescimento econômico. Para entender a relação das reformas como impulsionadoras do crescimento, é preciso entender os mecanismos por meio dos quais o crescimento acontece. Aqui, entende-se por crescimento o aumento da produção total, medida pelo PIB.

Renda adicional

Para a economia crescer, é preciso produzir mais, gerando mais renda. A renda adicional gerada nesse processo deve ser suficiente para o compensar o crescimento populacional, de modo que a renda per capita não diminua, e ainda pode ser utilizada para a melhoria das condições de vida das pessoas, melhorando o acesso à saúde e à educação,

por exemplo.

FRASE

"Minha visão é que você ainda, para ganhar do ponto de vista trabalhista, tem que ter uma aliança forte tanto com as empresas quanto com os sindicatos. Você tem que estar muito no centro das coisas."

Tony Blair, ex-primeiro ministro britânico

Crescimento e desenvolvimento

Sem crescimento econômico, é muito difícil fomentar o desenvolvimento em outras áreas, como saúde e educação, simplesmente porque essas áreas consomem recursos financeiros. Dessa forma, o crescimento econômico é peça fundamental para o desenvolvimento. Reconhecido esse fato, deve-se buscar o crescimento econômico sustentável, que possa ser mantido a longo prazo.

Crescimento sustentável

O crescimento sustentável só acontece por ganhos de produtividade. Um país pode crescer quantitativamente sem melhorar sua produtividade, ao empregar mais recursos na produção. Por exemplo, com mais pessoas trabalhando, mais máquinas e matérias-primas sendo utilizadas. Porém, esse tipo de crescimento traz retornos cada vez menores, não sendo sustentável no longo prazo.

Crescimento sustentável 2

Os retornos são cada vez menores porque as melhores terras para cultivo já teriam sido usadas anteriormente, as melhores localizações são ocupadas pelas primeiras fábricas instaladas, os funcionários mais qualificados são contratados primeiro, etc. Os ganhos adicionais são sempre menores porque os melhores recursos são usados primeiro, restando os recursos menos produtivos.

Produtividade

Uma forma de garantir um crescimento econômico sustentável é obter ganhos de produtividade, fazendo com que os novos recursos utilizados e os antigos recursos em utilização possam produzir mais. Ser mais produtivo é obter uma maior produção em relação às mesmas quantidades de recursos usadas.

Fator tecnológico

O nível de produtividade está relacionado a um fator tecnológico. Mas não se trata de tecnologia pura e simples, como no sentido de hardware e software, por exemplo. Trata-se de formas melhores e inovadoras de combinar diferentes fatores de produção, levando a um maior nível de produção com o mesmo uso de insumos. É um avanço na técnica de produção.

Educação e pesquisa

Para obter esse ganho tecnológico, educação e pesquisa são fundamentais. A qualificação dos trabalhadores importa muito, pois são eles que irão desenvolver as novas técnicas de produção. Trabalhadores mais bem formados e treinados têm maiores chances de produzir avanços tecnológicos, obtendo ganhos de produtividade.

Marco institucional

Porém, não só educação e pesquisa fazem a diferença. A qualidade do marco institucional é muito importante para fomentar um ambiente econômico mais produtivo. Os regulamentos que regem a produção importam muito, pois podem favorecer ou inibir a criação de arranjos mais produtivos. É a chamada facilidade em fazer negócios ou facilidade de empreender.

Reformas

É nesse contexto que entram as reformas, como a reforma trabalhista atualmente em discussão. A nossa CLT data de 1943. O mundo mudou radicalmente desde então. É obvio que esse regulamento precisa ser revisto e adequado aos dias de hoje. A questão é encontrar um novo ordenamento que garanta a produtividade no longo prazo, trazendo benefícios para trabalhadores, empresários e o País como um todo.

Escrito por:

Estéfano Barioni/Correio Popular