MAIS PROTEÇÃO

Região de Campinas amplia a vacinação contra a gripe Influenza

Professores, pessoas com deficiência ou comorbidades e indígenas agora podem também participar da campanha

Edimarcio A. Monteiro
10/05/2022 às 09:14.
Atualizado em 10/05/2022 às 09:14

Cada município tem esquema próprio de vacinação, com horários e abrangência de locais diferentes (Tânia Rêgo/ Agência Brasil)

Cidades da região ampliaram, desde ontem, o público apto a receber a vacina contra a gripe (Influenza) nos centros de saúde. Professores, pessoas com deficiência ou comorbidades e indígenas podem, a partir de agora, também receber a imunização contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B/Victoria em Campinas, Hortolândia, Nova Odessa, Paulínia, Sumaré, Vinhedo e Valinhos. Cada município tem esquema próprio de vacinação, com horários e abrangência de locais diferentes.

Além do novo público, as pessoas dos grupos anteriores que ainda não se imunizaram também podem ser vacinadas: a partir de 60 anos; crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias; trabalhadores da saúde; além de gestantes e puérperas (mulheres no período de pelo menos 45 dias após o parto). Até a última sexta-feira (6), último balanço divulgado, a Secretaria de Saúde de Campinas aplicou 130.923 doses de vacina contra a gripe.

O maior adesão foi de idosos, com 97.332 pessoas imunizadas, seguida por trabalhadores de saúde (22.920) e crianças (9.032). O município também dá continuidade à campanha de prevenção do sarampo. Ela é direcionada às crianças menores de 5 anos de idade e profissionais de saúde. "Importante reforçar que as vacinas de sarampo e influenza podem ser aplicadas simultaneamente. Muitos pais estão receosos e acabam aplicando apenas influenza", explica a coordenadora do Programa Municipal de Imunização de Campinas, Chaula Vizelli.

Entre os novos grupos que podem receber a vacina contra a gripe, as pessoas com comorbidade são aquelas portadas de doença respiratória crônica, como pessoa com asma que faz uso de medicamento; cardíacos crônicos, hipertensos sistêmicos; doença renal crônica; doença hepática crônica; doença neurológica crônica; diabéticos em uso de medicamentos; obesos grau 3; transplantados; e portadores de trissomias.

Procura

O aposentado Osvaldino Silva Chaves, 59 anos, diabético, tomou a vacina conta a gripe no primeiro dia de vacinação para pessoas com comorbidade. "Todos os anos eu tomo, graças a Deus", afirmou, ao se vacinar no Centro de Saúde São Cristóvão, no Jardim Adhemar de Barros, em Campinas. O autônomo Rafael Américo Domingo levou a filha Valentina, de 5 anos, para tomar as vacinas contra gripe e sarampo. "É bom se prevenir", disse.

Porém, de acordo com o coordenador do Centro de Saúde do São Cristóvão, Ricardo Araújo, a cobertura para gestantes e crianças está abaixo do esperado. A unidade já foi em escolas da região para promover a vacinação do público menor de 5 anos. Na unidade, as pessoas acima de 20 anos, principalmente os idosos, que vão se imunizar contra a gripe são convidadas a fazer exame preventivo de câncer bucal.

O Departamento de Vigilância em Saúde de Campinas confirma a baixa cobertura vacinal contra a gripe em gestantes. Até a última sexta-feira, 1.308 grávidas se vacinaram, o equivalente a 11,89% do público previsto de 11 mil pessoas. Campinas antecipou para 25 de abril a vacinação de gestantes, crianças e puérperas.

ESQUEMA DE VACINAÇÃO NOS MUNICÍPIOS
✔ CAMPINAS De segunda a sexta-feira, nos 65 centros de saúde, a partir das 9h. O horário de encerramento é 16, 17 ou 18h, dependendo da unidade. Aos sábados, a campanha é realizada em 12 centros de saúde.

✔ HORTOLÂNDIA Ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h30, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).

✔ NOVA ODESSA Nas setes UBS’s da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h.

✔ PAULÍNIA Em todas as UBS’s do município, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Aos sábados, nas UBS’s Centro I, Monte Alegre, Planalto e São José.

✔ SUMARÉ A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h.

✔ VALINHOS Em todas as UBS’s do município, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 15h.

✔ VINHEDO A vacinação ocorre nas Unidades Básica de Saúde, Centro Médico e Policlínica, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h. Na UBS Casa Verde, o atendimento começa às 8h30. Na Três Irmãos, a vacinação tem início às 8h às terças e sextas-feiras. A imunização de crianças menores de 5 anos é realizada nas UBS’s Meirelles, Vila João XXIII, Três Irmãos, Planalto e no Centro Médico. 

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por