ESFORÇO REGIONAL

Mutirão em prol do Rio Grande do Sul arrecada 72 toneladas emdoações

Ação foi realizada pela Prefeitura de Campinas no Paço Municipal; alunos de Jaguariúna mandam cartas de solidariedade junto a itens essenciais

Da Redação
14/05/2024 às 20:35.
Atualizado em 14/05/2024 às 20:35
Força-tarefa envolvendo integrantes da Administração Municipal e voluntários coletou 72 toneladas na manhã de sábado: três carretas lotadas saíram de Campinas em direção ao Rio Grande do Sul (Rodrigo Zanotto)

Força-tarefa envolvendo integrantes da Administração Municipal e voluntários coletou 72 toneladas na manhã de sábado: três carretas lotadas saíram de Campinas em direção ao Rio Grande do Sul (Rodrigo Zanotto)

A mobilização da Região Metropolitana de Campinas (RMC) em prol das vítimas da tragédia climática que atinge os gaúchos arrecadou toneladas de donativos durante a semana passada e no fim de semana, com os mutirões SOS Rio Grande do Sul. Até cartinhas com frases de solidariedade e acompanhadas de desenhos foram feitas por alunos da cidade de Jaguariúna para serem entregues junto com as doações. Em Campinas, o mutirão SOS Rio Grande do Sul, realizado no sábado pela Prefeitura, arrecadou 72 toneladas de doações, entre alimentos, água, colchões e agasalhos, para as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

Durante toda a manhã, uma multidão de voluntários e doadores não parava de chegar, uns trazendo sua colaboração e outros ajudando a organizar e carregar as três carretas. Os veículos, cada um com capacidade de 24 toneladas cada, seguiram no domingo para o Sul do país.

“Estamos todos em Campinas solidários aos irmãos gaúchos”, afirmou o prefeito Dário Saadi (Republicanos). Para Vandecleya Moro, secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, a iniciativa evidencia um momento de união. “Toda essa mobilização revela a força de uma cidade que não mede esforços para ajudar”, analisou. As cidades de Guaíba e do entorno da Região Metropolitana de Porto Alegre receberão os donativos.

A campanha, iniciada em 3 de maio, já enviou a primeira remessa de ajuda na semana passada. Essa leva incluiu 1,5 tonelada de alimentos, 20 mil copos e 300 litros de água, além de 500 kg de roupas. Um bote também foi despachado para ajudar no transporte nas áreas alagadas.

A estrutura da Campanha do Agasalho está sendo utilizada para gerenciar a coleta. Pontos adicionais de arrecadação podem ser encontrados no site da Prefeitura de Campinas. As instituições que quiserem contribuir podem ligar para (19) 2116-0165 ou (19) 2116-0281 para receber um ponto de coleta.

CARTAS DE SOLIDARIEDADE

“Queridos moradores do Rio Grande do Sul, espero que estejam bem! Está uma situação bem difícil aí, por isso estou mandando esta carta direto de São Paulo. Vocês vão vencer esta luta e Deus irá ajudar vocês!”. Assim começa uma das dezenas de cartas escritas pelos alunos do Ensino Fundamental da rede municipal de Jaguariúna e endereçadas às vítimas das enchentes nas cidades gaúchas.

As palavras são acompanhadas por desenhos, feitos pelas próprias crianças, que refletem o drama por que passam as vítimas da enchente histórica e também ajudam a expressar o carinho e a generosidade dos alunos jaguariunenses.

As generosas cartinhas com muitas palavras de incentivo e compaixão vão se juntar às caixas com doações de brinquedos e roupas arrecadadas ao longo da semana em Jaguariúna. Nesta semana, elas seguirão direto para o Rio Grande do Sul. Um gesto simples e comovente de solidariedade e amor ao próximo.

Segundo a Secretaria de Educação de Jaguariúna, a iniciativa faz parte do projeto “Crianças Abraçam Crianças”, envolvendo os alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental de todas as escolas municipais, e foi realizada na semana passada.

“Em tempos de desespero, palavras de conforto e encorajamento podem ter um impacto significativo. Receber essas cartas será como receber um abraço reconfortante, elas nos lembram que há bondade e compaixão neste mundo, mesmo nos momentos mais difíceis”, afirma Nivail Cozolli, supervisor escolar de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação.
TRANSURC A Campanha do Agasalho Transurc/SetCamp, de Campinas, também conseguiu enviar 8.578 peças às famílias gaúchas desabrigadas.

Além dos agasalhos e calçados, a carreta partiu com 10.420 quilos de alimentos não perecíveis, montante arrecadado em conjunto com a Guarupass (Associação das Concessionárias de Transporte Urbano de Passageiros de Guarulhos e Região), 200 quilos de ração para pets, produtos de limpeza, uma caixa de primeiros socorros, 1,5 mil litros de água mineral e produtos de limpeza e higiene pessoal.

A campanha, tradicional na cidade, foi ampliada para também ajudar as famílias que sofrem com a tragédia que atingiu as cidades do Rio Grande do Sul e deixou milhares de desabrigados. Conforme o ritmo da arrecadação, novas doações poderão ser enviadas para o Sul.

A 18ª edição da campanha, que vai até 15 de julho, é promovida pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (Set- Camp). Para a doação para as famílias do Sul, a campanha também contou com a colaboração da Guarupass e da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), que cedeu espaços para colocar pontos de arrecadação nos terminais de Campinas, Hortolândia e Americana. Os donativos podem ser entregues no ônibus estacionado diariamente no Largo do Rosário, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h, e aos sábados, das 8h ao meio-dia, até o dia 15 de julho. Outros pontos de entrega das doações são os terminais de ônibus Central, Ouro Verde, Campo Grande, Barão Geraldo, Vila União, Vida Nova, Padre Anchieta, Satélite Íris, Campos Elíseos, além da sede da Transurc. ITATIBA Outra cidade que também arrecadou toneladas de donativos é Itatiba. Foram arrecadadas 67 toneladas na ação SOS Rio Grande do Sul. A ação foi promovida pela Prefeitura. A grande maioria dos donativos foi de água potável, 60 toneladas que chegaram em garrafas e galões. O item é um dos que mais está em falta no Rio Grande do Sul, que teve todo seu abastecimento prejudicado pelas cheias.

Foram arrecadadas ainda seis toneladas de produtos de limpeza e uma tonelada de produtos de higiene pessoal e ração para animais. Um total de cinco carretas partiu de Itatiba no fim da semana passada para levar os donativos até São Paulo, onde a Defesa Civil estadual e o Fundo Social do Estado de São Paulo concentram as doações. Elas estão sendo encaminhadas às Defesas Civis das cidades atingidas.

INDAIATUBA

Na semana passada, a Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação, Fundo Social de Solidariedade (Funssol) e a Defesa Civil da Prefeitura de Indaiatuba realizaram a campanha SOS Rio Grande do Sul e arrecadaram 100 toneladas de itens. Foram doados fardos de água mineral, roupas masculinas e femininas, peças de cama, artigos de banho, cobertores, produtos de higiene e limpeza, itens infantis e ração animal. Ao todo, foram preenchidos dez caminhões.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por