LUMINOSIDADE

Meteoro que cruzou Campinas explodiu em Poços de Caldas

Bólido iluminou o céu da região na madrugada de quarta-feira

Do Correio Popular
05/08/2022 às 10:20.
Atualizado em 05/08/2022 às 10:20

Professor Alvaro Penteado Crósta identificou que meteoro explodiu na região de Poços Caldas, Sul de Minas (Dominique Torquato)

O professor titular do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Alvaro Penteado Crósta, identificou que o meteoro que iluminou o céu da região na madrugada de quarta-feira explodiu na região de Poços Caldas, no Sul de Minas Gerais. A conclusão foi obtida com o apoio de imagens do satélite meteorológico GOES, que registrou um flash às 5h09, causado pela passagem do bólido. 

O fenômeno foi avistado na madrugada de terça-feira em diversas cidades do Estado de São Paulo e do Sul de Minas Gerais e é chamado de bólido devido ao grau de luminosidade. Apesar de ter surpreendido pelo brilho, especialistas afirmam que o fenômeno é comum e pode ocorrer até três vezes ao ano. 

Bólidos, como o registrado na madrugada, são pedaços de rocha espacial que vêm de outro corpo planetário. Quando esses pedaços chegam na atmosfera da Terra, entram em combustão, causando o brilho. 

O astrônomo Julio Lobo, do Observatório Municipal de Campinas, explica que, conforme as métricas usadas na astronomia, o brilho desse bólido foi de -8. Para critério de comparação, o Sol possui brilho de -26, a Lua de -13 e o planeta Vênus de -4. O meteoro, nesse caso, teve um brilho intermediário entre Vênus e a Lua.

O astrônomo também disse que já registrou de quatro a cinco eventos como esse num único ano. No caso deste meteoro, foi descartada a possibilidade de que restos de meteorito tenham ficado no local.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por