EM CAMPINAS

Encerramento de Projeto traz referência nacional do Maracatu

Mestre Chacon Viana, líder da Nação Porto Rico, ministra última oficina e participa de apresentação

Do Correio.com
18/11/2023 às 18:49.
Atualizado em 18/11/2023 às 18:49
Mestre Chacon Viana (Paula Lopes)

Mestre Chacon Viana (Paula Lopes)

Neste domingo (19) acontece o encerramento do projeto “Encontros com Maracatucá – Descobrindo a Ancestralidade e Criando Afetividades”, que durante várias semanas levou as tradições e saberes do Maracatu de Baque Virado a dezenas de estudantes e outros integrantes de comunidades no Jardim Florence e Barão Geraldo.

O final desta jornada de conhecimento vai acontecer durante o Projeto Ocupa Resistência!, edição do tradicional evento cultural Ocupa Vila na Vila São João, em Barão Geraldo. Haverá a realização de um cortejo de maracatu com os participantes das oficinas, liderados por um convidado muito especial: Chacon Viana, Mestre da Nação do Maracatu Porto Rico, de Recife – PE e uma referência tanto no Brasil quanto no cenário internacional em se tratando de Maracatu de Baque Virado. 

O projeto nasceu de uma parceria do grupo Maracatucá e do Grupo de Teatro e Danças Populares Urucungos Puítas e Quijengues e foi composto por dois ciclos de oficinas: o 1º ciclo em agosto e setembro, no CEU Mestre Alceu (Jardim Florence I) e o 2º ciclo em outubro e novembro, com estudantes da E.E. Prof. Hilton Federici (Barão Geraldo). O objetivo foi oferecer aos estudantes e à população não apenas os saberes dessa riquíssima manifestação de cultura popular de raiz africana, a mais antiga do País, mas também a oportunidade de trazer para discussão, importantes questões referentes às ancestralidades preservadas nesse universo de conhecimento. Dessa forma, enquanto os participantes tinham contato e aprendiam com os oficineiros sobre cada um dos instrumentos que dão vida ao ritmo, também aprendiam valores ancestrais da cultura negra com convidados como Vítor da Trindade, sacerdote, doutorando em musicologia e herdeiro cultural do avô, o poeta Solano da Trindade. Vítor ministrou uma oficina no 1º ciclo, onde falou da trajetória de sua família e demonstrou na teoria e na prática os elementos de resistência da cultura negra, na religiosidade e na música. 

Na mesma linha, o mestre Chacon Viana comandará, na sexta, 17, a última oficina do 2º ciclo, que vem acontecendo na Escola Estadual Hilton Federici, em Barão Geraldo, e no domingo estará presente no cortejo dos alunos do projeto e na sequência vai puxar as loas de sua Nação Porto Rico, numa apresentação do grupo Maracatucá que, aliás, tem nessa nação, uma de suas “mães”. Loas são um gênero poético que tradicionalmente reverenciam orixás e figuras emblemáticas da história e da cultura afro-brasileira. 

Serviço 

Encerramento do projeto “Encontros com Maracatucá – Descobrindo a Ancestralidade e Criando Afetividades”

Dia: 19 de novembro, domingo

Horário: às 17 horas

Onde: Na edição "Ocupa Resistência", do projeto Ocupa Vila

Local: Praça da Vila São João - Rua Dirce Barbiere Gianese, Vila São João. Barão Geraldo.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por