SOLIDARIEDADE

Campanha ‘Natal Sem Fome’ arrecadou duas toneladas de alimentos na 1ª semana

A Prefeitura montou um posto de coleta de doações ao lado do Paço Municipal; mantimentos serão entregues a famílias em situação de vulnerabilidade

Edimarcio A. Monteiro/ [email protected]
03/12/2023 às 20:37.
Atualizado em 04/12/2023 às 08:27
Alimentos arrecadados no posto de coleta da Campanha “Natal Sem Fome”, montado no  Palácio dos Jequitibás; na primeira semana, a iniciativa obteve 2.230 quilos de mantimentos (Kamá Ribeiro)

Alimentos arrecadados no posto de coleta da Campanha “Natal Sem Fome”, montado no Palácio dos Jequitibás; na primeira semana, a iniciativa obteve 2.230 quilos de mantimentos (Kamá Ribeiro)

A campanha Natal Sem Fome, da Prefeitura de Campinas, realizou no sábado (2) um drive-thru para coleta de doações na lateral do Paço Municipal, na Rua Barreto Leme. As pessoas puderam entregar alimentos que serão destinados para famílias em situação de insegurança alimentar. Lançada em 21 de novembro, a ação arrecadou em sua primeira semana 2.230 quilos de alimentos não perecíveis.

A nutricionista Larissa Costa e o marido, Emerson, foram nosábado (2) de manhã até o ponto de arrecadação para entregar uma cesta básica. "Nós costumamos sempre fazer doações e entregamos aqui dessa vez", disse ela. Os aposentados Sílvia Tereza Fernandes e Ramon Fernandes também entregaram donativos. "É bom ajudar as pessoas", explicou ela.

A balconista Leociane Viana aproveitou que estava a caminho do trabalho para passar em um supermercado para comprar alimentos e entregar para a Natal Sem Fome. "Quando posso, ajudo", afirmou. A barraca montada em frente à Prefeitura chamou a atenção da psicóloga Beatriz Itália Tanaka Amaral, que pretende fazer sua doação nos próximos dias.

Ela usou o celular para ler o QR Code de uma faixa da campanha para buscar mais informações e saber exatamente o que pode ser entregue. Além de alimentos, ela pretende doar os ursinhos de pelúcia que guarda desde criança. "Eu gostaria muito que eles fizessem crianças felizes", explicou a psicóloga.

O prefeito de Campinas em exercício, Wanderley de Almeida (PSB), acompanhou a arrecadação durante a manhã e recepcionou as pessoas que entregaram donativos. "Essa é uma ação importante porque o povo de Campinas é solidário.

Não é apenas no Natal que realizamos campanhas como essa, mas também em outras épocas, e a população sempre tem uma grande participação", afirmou ele.

A campanha faz parte da programação do Natal Caminho dos Sonhos, promovido pela Prefeitura em conjunto com a Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic). As pessoas que desejarem contribuir também podem entrar em contato pelo telefone do Banco de Alimentos: (19) 3746 -1063. A lista dos postos de coleta pode ser consultada no site https://portal.campinas.sp.gov.br/sites/natalsemfome2023 .

Para a secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, Vandecleya Moro, o resultado inicial da campanha foi positivo. "Com a generosidade e solidariedade da comunidade de Campinas, a Campanha Natal Sem Fome alcançou um marco impressionante na sua primeira semana, arrecadando mais de duas toneladas. Este esforço coletivo é um verdadeiro testemunho do espírito solidário de Campinas", disse. A expectativa é de aumento das doações com a proximidade do Natal e maior divulgação do evento.

Na edição do ano passado, a campanha arrecadou 72.784 quilos em alimentos, superando em 243% a meta estimada de 21 toneladas. As doações foram destinadas para 64 entidades parceiras, que repassaram para as famílias que se cadastram por meio do aplicativo Viva Vida.

MÚSICA E DOAÇÃO

Outro evento para arrecadação de alimentos, marcado para hoje, é a 10ª Edição Campinas Hip-Hop Festival, que será realizado das 14h às 21h, na Estação Cultura, no Centro. A entrada é gratuita, mas os organizadores solicitam a doação de 1 quilo de alimento não perecível, que será destinado para a Central Única das Favelas (Cufa), que distribui cestas básicas em comunidades da cidade.

"Além de proporcionar entretenimento gratuito, ampara comunidades carentes, mantendo o compromisso do Campinas Hip-Hop Festival vivo", divulgou a organização. O evento deverá ter a participação de artistas renomados, como Easy Down e Doctor-X (Sistema Negro), Edi Rock (Racionais MC´s), Dexter, Sombra (SNJ) e Face da Morte.

Pioneiro em Campinas, o festival começou em 2013 diante da necessidade de incluir os artistas iniciantes nos eventos regionais, de acordo com a organização. Seguindo essa proposta, o evento contará também com artistas da nova geração do hip-hop, como Tasha & Tracie, Gregory, Duquesa, Onnika, Kayn e Burn-O.

Esta é uma época em que as campanhas de arrecadação de alimentos se multiplicam. Uma delas é organizada por colaboradores da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), em prol do Instituto Amor e Vida. Foram arrecadadas 250 latas de milho e 250 sachês de azeitonas que irão compor 250 cestas de Natal que serão destinadas a pessoas com câncer em situação de vulnerabilidade social. O repasse das cestas às famílias beneficiadas será realizado pelo instituto no dia 15 de dezembro.

"Doar é uma prática que, quando envolve empatia à causa, torna o sentimento de compaixão genuíno. Saber que a dor de algumas famílias está sendo acalentada, me faz sentir profunda gratidão e amor ao gesto da Instituição Amor e Vida e incentiva a argumentar a seu favor", disse a colaboradora da Emdec e uma das voluntárias, Miriana Alves Pereira de Lima. A coordenadora da entidade atendida, Cleonice Rodrigues, afirmou que "é por meio desse tipo de mobilização e parceria que conseguimos ajudar as pessoas". "Nada disso seria possível sem a sementinha plantada por cada um que participa das nossas campanhas", completou.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por