CONDOMÍNIOS

Arrastão e sequestros serão temas de debates

Ocorrências em condomínios preocupam e exigem medidas e sistemas eficientes

Sheila Vieira
sheila@rac.com.br
29/08/2013 às 10:51.
Atualizado em 25/04/2022 às 03:55

Síndicos e gestores de condomínios residenciais e comerciais durante palestra em edição anterior do evento (Divulgação)

Condomínios são minicidades e um dos principais desafios dos gestores é oferecer segurança aos moradores do local. Arrastões e até mesmo sequestros, com coação do condômino para entrar no recinto trazendo assaltantes no veículo têm ocorrido nos condomínios. Segundo Everton Cabral, consultor especializado em segurança condominial, diariamente inúmeras ocorrências são registradas envolvendo esse crimes. Pequenos furtos praticados por oportunistas, incluindo prestadores de serviços, funcionários, moradores e visitantes, até os arrastões que são praticados por quadrilhas especializadas desafiam a segurança no local. “Outra ocorrência frequente é o sequestro de morador por marginais que desejam entrar no condomínio”, alerta Cabral. E para que a situação não tome proporções inesperadas e trágicas, o condomínio precisa estar resguardado por um esquema de segurança completo, com fator humano conscientizado, segurança tecnológica e também com a segurança de normas e procedimentos eficazes, claros e funcionais. O mais alarmante, segundo o especialista, é que 90% dos problemas com a segurança ocorrem pela porta da frente. Cabral lembra que no mês passado em Campinas, o apartamento de um delegado do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) foi invadido por criminosos que utilizaram rapel.“A família foi trancada dentro do banheiro, enquanto os marginais carregaram tudo o que quiseram”, lembra. Apesar de não existir um condomínio 100% seguro, aqueles que conseguem unir os fatores – humano, tecnológico e financeiro em plena sintonia — dificultam ao máximo a ação dos criminosos. A falta dessa sintonia e desse tripé de segurança são responsáveis pela vulnerabilidade dos condomínios. De acordo com a definição do especialista em segurança, condomínio seguro é aquele que resguarda seus moradores por meio de normas e procedimentos eficazes, e também de uma conscientização efetiva. “Não adianta investir milhões em tecnologia e esquecer que dependemos do profissional de segurança para o modus operandi e do condômino para cumprir as regras”, esclarece. Entra em cena as atribuições do conselho de segurança do empreendimento, responsável pela gestão, operacionalização e a fiscalização da segurança do local. Os representantes do conselho precisam participar da seleção, contratação, treinamento e reciclagem do profissional de segurança e aprovação do manual de normas e procedimentos. Para viabilizar um bom projeto, o fator financeiro é determinante, já que a qualidade de um serviço está diretamente ligada a custo. “O conselho, em 90% dos casos, enfrenta dificuldade junto aos condôminos para aprovação de projetos”, observa.WORKSHOPSíndicos de condomínios residenciais e comerciais de várias cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) participam neste sábado (31), em Campinas, do 6 Pró-Síndico Campinas, workshop que irá debater os principais temas ligados à gestão condominial apresentados por especialistas em palestras gratuitas. Até o início da semana quase 300 participantes já haviam feito o cadastro no link da organizadora do evento. Mantendo a tradição de ser realizado nas dependências do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), o evento vai reunir 16 empresas prestadoras de serviços nas áreas de terceirização, pintura, jardinagem, administração e fitness.O evento na cidade, que abrange uma região com 2,2 mil condomínios — 90% residenciais — segundo estimativa dos realizadores do Pró-Síndico, só perde para a edição da Capital. No Estado de São Paulo existem cerca de 40 mil condomínios, 30 mil apenas na Capital. Juntos movimentam cerca de R$ 8 bilhões, valor que supera o orçamento do Estado do Tocantins, que é de R$ 7 bilhões.Além de soluções e novas ideias para síndicos, subsíndicos, membros do conselho e administradores de condomínios, o evento vai abordar temáticas ligadas ao dia a dia dos empreendimentos: assuntos jurídicos, segurança e prevenção a arrastões, administração e profissionalização do segmento. “São temas recorrentes pedidos pelos novos síndicos. Uma das mudanças no perfil é se manter atualizado em alguns aspectos”, aponta Dostoiévscki Vieira, diretor-executivo do Pró Síndico.Um trio de especialistas vai apresentar palestras ao longo do dia. Pela manhã os temas apresentados serão sobre segurança e jurídico, e à tarde a atividade do síndico profissional. O autor do livro “Sou Síndico,e agora?”, Cristiano de Souza, por exemplo, irá esclarecer a plateia sobre as principais dúvidas jurídicas e atitudes dos síndicos diante dos desafios da gestão de condomínios.Para falar sobre a atuação do síndico profissional, Clódson Fittipaldi, síndico profissional e blogueiro, aborda sobre o papel do síndico profissional como tendência de mercado. Segundo Vieira, apesar de ser uma tendência, menos de 5% dos condomínios no Estado são administrados por síndicos profissionais. As projeções indicam que no médio prazo não haverá mais moradores no papel de síndico, uma vez que o cargo envolve responsabilidades civil, criminal, trabalhista e previdenciária.DICAS DE SEGURANÇA =Ter um conselho de segurança atuante; = Estabelecer normas e procedimentos rígidos e objetivos em um manual com uma linguagem direta, clara e coesa; = Endomarketing da segurança; = Fiscalizar normas e procedimentos; = Recrutar e selecionar pessoal da segurança; = Valorizar e respeitar quem atua na segurança do local; = Criar uma célula de segurança blindada, com a instalação de um sistema de CFTV dedicado; = Estabelecer um controle de acesso eficaz; = Contratar uma consultoria de segurança para elaborar uma análise de risco e determinar o investimento adequado. SERVIÇO6.º Pró-Síndico CampinasLocal: IAC, na Rua Barão de Itapura, 1.481 – CampinasQuando: 31/8, das: 9h às 14h Vagas limitadas e sujeitas a confirmação: www.prosindico.com.br/campinas ou pelo fone:(19) 4062-8672

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por