MAIS SAÚDE

AMEs da região de Campinas fazem exame de câncer de pele e intestino

Unidades de Campinas e mais quatro cidades da DRS-7 iniciam atendimento

Ronnie Romanini/ ronnie.filho@rac.com.b
01/07/2022 às 09:27.
Atualizado em 01/07/2022 às 09:27

O Ambulatório Médico de Especialidades de Campinas (AME) realizou 10.545 consultas médicas, 22.022 exames e 695 cirurgias em maio (Ricardo Lima)

A ampliação dos atendimentos nos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) para contemplar diagnósticos de câncer de pele e intestino já está em andamento. Previsto para iniciar neste mês, desde os últimos dias o programa AME Oncologia, anunciado pelo governo de São Paulo, já encaminha pacientes por meio da Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (Cross).

A região do Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas, que é composta por 42 cidades, terá atendimento oncológico, dermatológico e de intestino nos AMEs de Amparo, Atibaia, Campinas, Jundiaí e Santa Bárbara d'Oeste, de acordo com as informações da Secretaria de Estado da Saúde. Na região, a Pasta prevê, por mês, a realização de 1.040 exames e biópsias para o câncer de pele e mais de 330 exames de colonoscopia para detecção de câncer de intestino.

Na quarta-feira passada, o Estado anunciou que 61 AMEs do Estado estão em transformação para ajudar no combate ao câncer de pele, com consultas, exames, diagnósticos e cirurgias à disposição dos pacientes, enquanto 39 AMEs terão agenda exclusiva para tratamento de câncer do intestino.

Nesta primeira etapa, cinco AMEs estarão com serviço completo, com atendimento para câncer de pele e intestino, além de quimioterapia, mas nenhum deles na região da DRS-7. O serviço integral acontecerá, a princípio, nas unidades de Dracena, Mogi das Cruzes, Itapetininga, Santo André e Taubaté. Dentro desta etapa, ainda há a possibilidade de que outros ambulatórios também tenham a quimioterapia. Apenas nestas cinco cidades, a expectativa é que 20 mil sessões de quimioterapia sejam realizadas por ano.

O gasto do governo, na primeira fase, é de R$ 4,5 milhões, enquanto o custeio anual está estimado em R$ 50 milhões. Segundo o governo estadual, a implantação de um novo hospital para esta finalidade demandaria um investimento maior. A instalação das unidades terá um investimento 80% inferior ao que seria necessário para um novo hospital, uma vez que potencializa a estrutura existente na rede de ambulatórios.

Em relação aos 61 AMEs que farão o atendimento contra o câncer de pele, a agenda para o tratamento será exclusiva e a expectativa é que o prazo de 90 dias seja reduzido para 45.

Em relação ao câncer de intestino, a oferta de colonoscopia nos AMEs deve derrubar o tempo de diagnóstico de 90 para 30 dias. O câncer de colón e reto possui a segunda maior incidência no estado de São Paulo. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, a chance de cura será maior e o tratamento mais eficaz.

Todos os encaminhamentos se darão por intermédio da atenção primária, pelos municípios, que encaminharão pacientes pela Cross, a responsável por promover a regulação para localizar a unidade de referência que garanta o atendimento da população. 

AME Campinas

Apenas em maio, foram realizadas 10.545 consultas médicas e não médicas, 22.022 exame<SC210,186>s e 695 cirurgias. Em Campinas, o AME é gerenciado pela Organização Social de Saúde (OSS) Santa Casa de Misericórdia de Franca. Esta é a maior unidade do interior de São Paulo. As atividades foram iniciadas durante a pandemia, em 13 de abril de 2020, como hospital exclusivo para atendimento de pacientes com covid-19. Na ocasião, foram instalados 15 leitos clínicos e 10 de UTI adulto. 

O AME Campinas serviu para o combate à covid-19 até setembro, quando chegou a ter 35 leitos de UTI adulto instalados. A partir de outubro, passou a atender especialidades, a função original do ambulatório.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por