EM SÃO JOÃO DA BOA VISTA

Aluna da Unicamp é achada morta, com sinais de violência

A estudante visitava a família na cidade quando desapareceu, depois de sair para dar uma caminhada

Thiago Rovêdo
17/05/2022 às 09:32.
Atualizado em 17/05/2022 às 09:32

Jovem estudante, vítima de crime: “aluna querida pelos colegas" (Reprodução/Facebook)

Uma estudante de 23 anos do Instituto de Biologia (IB) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi encontrada morta na última segunda-feira (16) em São João da Boa Vista, cidade a cerca de 140 quilômetros de Campinas. O corpo de Mayara Roquetto Valentin tinha sinais de violência. A jovem havia desaparecido na manhã de anteontem. A Polícia Civil está investigando o caso e não descarta qualquer hipótese por enquanto.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de São João da Boa Vista, Mayara saiu da casa dos parentes por volta das 11h para fazer uma caminhada e não retornou. Ela foi encontrada à noite, em uma área de mata na Estrada da Serra da Paulista, e tinha sinais de ferimentos a faca na região do braço, tórax e cabeça. 

A corporação também informou que a estudante morava em Campinas e estava na cidade para passar o final de semana com a família. Os agentes não quiseram dar mais detalhes da cena do crime e de como Mayara foi encontrada. 

A Polícia Civil também evitou mencionar detalhes ou se há suspeitos do assassinato, mas admite que as hipóteses de homicídio, feminicídio ou latrocínio - roubo seguido de morte - não estão descartadas. 

Testemunhas serão convocadas e ouvidas nos próximos dias e as diligências já estão sendo feitas em busca da identificação de prováveis suspeitos de terem cometido o crime. 

O Instituto de Biologia informou que Mayara começou os estudos na Unicamp em 2017, concluindo a modalidade de ênfase em bacharelado no primeiro semestre de 2021. Atualmente, estava cursando a modalidade licenciatura e atuando no Programa de Apoio Didático (PAD) da Biologia. O Instituto também decretou luto oficial de três dias pelo falecimento da estudante. "Foi uma aluna extremamente participativa no curso e querida por colegas de sala e docentes. Mayara nos deixa com 23 anos e muita saudade. Aos familiares, amigos e colegas enlutados, nossos mais sinceros sentimentos", informou a nota oficial do IB.

Busca e lamento

Durante todo o domingo, nas redes sociais, familiares e amigos fizeram publicações informando que a jovem estava desaparecida e pedindo para que quem tivesse qualquer informação entrasse em contato com a família. As publicações ainda informavam que era de uma família conhecida em São João da Boa Vista e que o pai é dono de um supermercado no bairro Pratinha.

Depois que a Polícia Civil confirmou que o corpo foi encontrado, amigos lamentaram a morte da jovem. "Meu Deus, ainda ontem estávamos juntas, foi tão divertido te rever te abraçar , infelizmente foi a última vez, que Deus te receba meu anjo, pra sempre em meu coração", disse uma amiga em uma das publicações.

Outra lembrou como era amizade desde a infância e que agora espera que a Justiça seja feita e que os responsáveis pelo crime sejam encontrados o mais rápido possível. "Uma menina meiga, cheia de sonhos, que tive o prazer de ter você na melhor fase da minha infância, com seus sorrisos no início tímido, mas depois de uma espontaneidade e uma leveza nele! Que Deus lhe receba. Que além da justiça do homem, a justiça de Deus não deixe passar em branco essa monstruosidade", clamou.

O velório iniciou às 18h, na Santa Casa de São João da Boa Vista (SP), na Vila Conrado. O sepultamento ocorrerá hoje, às 8h, no Cemitério Municipal da cidade.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Anuncie
(19) 3736-3085
comercial@rac.com.br
Fale Conosco
(19) 3772-8000
Central do Assinante
(19) 3736-3200
WhatsApp
(19) 9 9998-9902
Correio Popular© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por